Pesquisar neste blog

Mostrando postagens com marcador Tipos de amor. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Tipos de amor. Mostrar todas as postagens

sexta-feira, 22 de setembro de 2017

Amor de mãe

Para inspiração: é em um gesto simples de rotina que percebemos o admirável cuidado e amor de uma mãe.

Ligo para a minha e pergunto sobre o primeiro couve-flor comprado, após alguns dias na geladeira ela me instrui a jogá-lo! No telefone lamento e solto um "mas eu estava querendo tanto comer couve-flor..."
No dia seguinte, ela me surpreende, liga para o Pedro e pede para ele ir até ela buscar o couve-flor preparado e ainda completa "ela estava com vontade, está pronto...é só chegar e comer".

Um pequeno gesto, mas uma grande lembrança de cuidado e amor. Sem dúvida foi o melhor couve-flor que eu comi :)

sábado, 25 de fevereiro de 2017

Formas de amar: aprendendo com crianças: 53


Trabalhar com as crianças é ter sempre uma forma de amar visível e por isso, o Formas de amar: aprendendo com as crianças, já está no número 53. O de hoje, ocorreu nessa semana, estava eu com as crianças e com um pacote de bala no armário que eles sabiam que iriam receber quando tivessem um excelente comportamento o que significava nenhuma criança com o nome da lousa. Após alguns dias, eles receberam as balas e durante isso diziam para mim:

-Obrigada.
-Deus te abençoe.

E sorriam, eu que não esperava essa forma de agradecimento, fiquei pensando em como eles estavam valorizando tudo aquilo que era tão pouco. 
Nessa turma de crianças de 8 e 9 anos, há uma menina que dificilmente desafia todos da escola, mas tem se comportado comigo e se mostrado amável, então no dia seguinte, quando eu cheguei ela estava na fila me esperando, saiu do seu lugar veio até mim e com uma florzinha branca me entregou sorrindo. Naquele momento, eu entendi que gentilmente ela estava demonstrando que é possível agradecer e começar a amar após uma entrega doce de um doce!




"Gentileza gera gentileza"

quarta-feira, 15 de junho de 2016

Como eu era antes de você...


Após assistir o filme Como eu era antes de você, fiquei pensando em como eu era antes do meu noivo... um amor só tem sentido se nos muda.


Antes de você...






Eu era singular, não havia nós
Eu não sabia o real significado de partilhar a vida e todos os aspectos dentro dela
Ninguém soube das minhas senhas dos bancos
Os sonhos eram só meus
Eu nunca havia orado por skype 
Eu não sabia nadinha de teologia
Eu não ansiava para que chegasse o fim da tarde somente para eu ouvir sobre como o dia de outra pessoa
Eu não sonhava o sonho de outra pessoa
Eu não passava horas pensando em como melhorar a vida de outra pessoa 
Eu não planejava surpresas para dizer que se ama
Eu não chorava por ter magoado alguém
Parecia que eu quase não tinha erros (rs) você é meu espelho
Eu não amava com tanta intensidade
Eu nunca havia feito contagem regressiva durante um ano todo
Eu nunca havia precisado conversar no telefone para poder dormir melhor
Eu não tinha chorado durante um longo abraço
Eu não tinha "namorado" dessa forma nossa tão singular!


.....
E assim vai, frases e mais frases nos mostram como somos diferentes quando encontramos um amor que nos transforma em algo melhor que poderíamos ser.





Com eu era antes de você: dica de um filme





Se você quer assistir um filme romântico, baseado em livro, surpreendente com um drama que te faça chorar de soluçar, não perca o filme Como eu era antes de você
Domingo assisti a pré-estreia desse filme aqui na minha cidade e chorei liiiiitros, no começo pensei que os comentários que havia lido sobre o filme eram exagerados, mas depois de um tempo percebi que  exagero era a minha minimização da lindeza do filme, o cinema todo parecia que estava gripado rs o filme é engraçado, um humor leve baseado na autenticidade e singularidade da personagem principal que aceita o emprego para cuidar de alguém que vive na cadeira de roda com todos os movimentos paralisados, exceto o rosto. No decorrer da história, eles se aproximam, ele deixa o aspecto carrancudo de lado e passa a curtir um pouco a vida ela por outro lado, passa a assistir filmes legendados, viaja com ele e frequenta lugares que não frequentaria antes, com uma sutileza singular cada qual transforma a vida do outro, até que.....


*Há alguns pontos críticos no filme, como o fato dela se apaixonar estando namorando e o fato de terem relações antes de casarem...São pontos a serem considerados, são pontos que não deixaram o filme ser perfeito, mas foi por pouco...

quinta-feira, 2 de junho de 2016

Amar é...

Amar é....





ter passado da meia noite, chorar desesperadamente e dizer para a pessoa: "Você pode ficar aqui mais um pouquinho?...."Como quem diz, vai melhorar  se você ficar aqui, também me acalmo em ti.




sexta-feira, 25 de março de 2016

Amor

Um dia você encontra quem você realmente deveria encontrar e tudo faz sentido, seus gostos, pensamentos, sonhos não são mais tão diferentes assim há alguém que compativelmente os vê como você! Um dia você encontra quem te abraça e sem nenhuma palavra diz que ficará tudo bem e que independentemente disso ele estará lá! Um dia você encontra alguém para dividir tudo e tudo mesmo. Um dia você encontra alguém que não é perfeito, mas têm os defeitos mais suportáveis do mundo e as qualidades mais admiráveis. Um dia você encontra alguém que te faz pensar que você era parte dele antes dele ser....você encontra alguém que Deus queria que você encontrasse e sobrenaturalmente por fim, até que enfim você estaciona e não deseja mais encontrar... Afinal vocês se encontraram!




quarta-feira, 23 de março de 2016

Choro e abraço

Resultado de imagem para lágrimas


Ela, desesperadamente desejou vê-lo, não entendeu o real motivo...no outro dia isso persistiu, em meio a tanta ansiedade em vê-lo havia uma tristeza indescritível algo nunca antes sentido...
Após dois dias o viu, sem dizer um oi sequer o abraçou e no mesmo instante chorou, chorou, chorou
-Ah, era por isso então que eu queria vê-lo taaaanto assim? - Ela pensou.
Em meio a um longo choro enlaçado por um abraço ele pacientemente esperou!
Com afeto que a afetava ainda mais, ela chorava demais.
Após alguns longos minutos tudo finalizou e em meio a isso veio uma alívio, uma paz, como se a angustia tivesse sido levada com todas aquelas lágrimas....
E o que ele tem a ver com toda essa história de lágrima e alívio? 
Ela se deu conta de como determinada situação seria difícil e precisava dele para saber de que em meio a isso, ainda assim valeria a pena.



As  situações começam a serem mais intensas quando nos damos conta de que é para a vida toda! 
Mas em meio a isso, o abraço de quem se ama supera.







sábado, 13 de fevereiro de 2016

Uma canção...




"O coração acelerado
Cores e promessas
Como ser corajosa?
Como posso amar quando tenho medo de me apaixonar?
Mas ao ver você sozinho
Toda a minha dúvida de repente se vai de alguma maneira

Um pouco mais perto

Eu morri todos os dias esperando você
Querido, não tenha medo eu amei você
Por mil anos
Eu amarei você por mais mil

O tempo para
A beleza em tudo o que ela é
Terei coragem
Não deixarei nada levar embora
O que está à minha frente
Cada suspiro
Cada momento nos trouxe aqui

Um pouco mais perto

Eu morri todos os dias esperando você
Querido, não tenha medo, eu amei você
Por mil anos
Eu amarei você por mais mil

E o tempo todo eu acreditei que encontraria você
O tempo trouxe o seu coração para mim
Eu amei você por mil anos
Eu vou amar você por mais mil

Um pouco mais perto
Um pouco mais perto

Eu morri todos os dias esperando você
Querido, não tenha medo, eu amei você
Por mil anos
Eu amarei você por mais mil

E o tempo todo eu acreditei que encontraria você
O tempo trouxe o seu coração para mim
Eu amei você por mil anos
Eu vou amar você por mais mil"

Composição: Christina Perri / David Hodges · 

terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

Amar-te-ei..


Se tiveres paciência há de constatar que nas primeiras semanas estou a te amar, 


amar-te-ei nessas semanas desmedidamente....




Pensando em ti constantemente



Se tiveres paciência...


Viverás e verás!

quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

Beijo na testa

Resultado de imagem para beijo na testa



"..Mas o beijo na testa não é para qualquer um. Muitos beijos podem ser dados por dar, mas beijo na testa eu nunca vi alguém dar sem belas doses de sinceridade.

E você beijou minha testa. E não foi uma vez só...

... desde que você apareceu. Percebi que muitas exigências eram pura bobagem. E que eram exatamente as coisinhas miúdas que me fariam querer ficar dias e mais dias nessa história.

Não sei bem se posso classificar seu beijo na minha testa como “coisa miúda”. Sim, talvez seja miúdo por não precisar de razões nem mecanismos grandiosos. Mas por outro lado é imenso. Imenso porque me dá a dimensão de zelo, a segurança do respeito e o conforto do amor que extrapola o roteiro óbvio do conjugal."

Ruth Manus

domingo, 29 de novembro de 2015

Uma carta que talvez não será entregue



Olá queridos, hoje, compartilho uma carta que escrevi, são palavras que tentaram sair por diversas vezes, mas as segurei e as soltei em carta da maneira mais doce que consegui. Escrevi essa carta na tentativa de ser compreendida e de alterar um olhar que parte de um ponto de vista equivocado. Talvez essa carta nunca seja entregue, mas escrevê-la me fez compreender melhor  quem sou eu.
Tenho aprendido que amar é aguentar firme e segurar com força a aspereza, a raiva, a intolerância. O Senhor tem me ajudado a me manter em silêncio e a não retribuir qualquer manifestação de raiva, mesmo que por vezes essa raiva não tenha um motivo real! Mas sobre isso, a bíblia nos ensina não é mesmo? É só lembrarmos de José e seus irmãos e o quanto ele foi traído e humilhado, sem um motivo real, mesmo os irmãos deles "acreditando" que o motivo deles era sensato e que eles tinham razão sim....Prossigamos na difícil tarefa de amar, amar até os que não merecem nosso amor.


  



Chegar aos 24 anos me faz pensar em que momento estou, é interessante a maneira que penso atualmente e a maneira que minha vida vem sendo ocupada, optei por ocupá-la e assim torná-la com pouco tempo disponível. No decorrer desses 24 anos, aprendi a observar e a respeitar as diferenças, há diversas pessoas que vivem a vida de diversas formas e assim, meu ponto de vista não é único e a forma que eu vivo a vida não é única.
Diante disso, é interessante ver que minha família e meu noivo compreenderam isso e compreendem plenamente e dessa forma, meus pais entenderam quando não posso estar presente em dia dos pais, dia das mães, aniversário e formatura, meu noivo compreendeu quando não pude estar presente no seu aniversário e minha irmã também compreendeu quando não pude estar no seu casamento realizado no cartório. Entre tantos outros eventos que marquei minha ausência, nesses anos, os meus sangues e aquele que será um comigo aprenderam a reconhecerem a minha vida e, a saberem, que nos momentos mais importantes eu poderei falhar e não estar, não porque não quero, mas porque não posso e não posso mesmo!
È interessante que eles entendem tanto minha vida que sabem que quase sempre tenho compromissos e por isso, avisam-se com antecedência os eventos e espaços que eles querem que eu esteja presente, eles compreenderam que a Aline  está “enrolada” em várias coisas e por isso compra a agenda do ano seguinte em novembro e costuma usar e cumprir com seus compromissos agendados. Eles sabem que se avisarem hoje, um compromisso para amanhã, correm o risco de não a terem presente e isso não o fazem brigar com ela, ou se sentirem tristes, pois eles simplesmente compreenderam que a vida dela é assim.
Não me sinto melhor, nem pior que ninguém por ter uma vida assim, não tenho tarefas mais ou menos importantes que os outros, mas eu tenho tarefas que escolhi, tenho responsabilidades fixas que devo cumprir. Diante de tudo isso, chateia-me quando a incompreensão do olhar alheio ao invés de saber o que faço da minha vida e entender quem sou eu e todos os espaços que ocupo, me julgam. A incompreensão é uma chateação, vi-me incompreendida por diversas vezes e diversas pessoas que não descentralizaram seus olhares e espero que dessa vez isso não ocorra.
Mas por que estou dizendo tudo isso? Pelo fato de prever o que vão dizer, infelizmente há muitos que não compreenderam o poder da língua e ao invés de guardá-la ou a utilizar beneficamente acabam usando  para instigar conflitos, contendas e mentiras, você já sentiu isso na pele não é mesmo? Eu tenho sentido agora nos diversos espaços que tenho estado, e posso prever o que vão dizer quando saberem que eu somente poderia ter ido ver a ____ na maternidade no sábado e que isso não foi possível porque ela teve alta.
Espero que isso não gere dúvidas sobre o carinho e amor que sinto por essa pequena mesmo antes de nascer, cada um tem uma forma de amar, uma forma de viver, uma forma possível de estar presente e nos cabe compreender, somos diferentes, seres humanos são seres singulares formados na pluralidade e se alguém não ama da maneira que eu amo, não significa que esse alguém não ame, se alguém não está presente da maneira que eu estou, não signifique que esse alguém não queira estar, se alguém não é do jeito que eu idealizo, não significa que não queira meu bem.
Para finalizar, só me resta lembrar que os caminhos da minha vida tem feito eu me desencontrar dos meus amigos, seja por causa do pensamento, seja por causa do tempo disponível, mas aqueles que foram e são meus amigos, os levo comigo e os amo da minha maneira, mesmo aqueles em que não há mais possibilidades de nos vermos e nos falarmos. Sem dúvida, amo você duplamente  e qualquer situação da vida não fará isso ser diferente e se em algum momento não for mais possível te amar pelo presente, amarei você pelo passado e a levarei e agora AS levarei sempre comigo, porque parte do que eu sou foi formado por e através de você, pois com os mais chegados nos formamos e só por isso  me sinto grata, e me sinto na obrigação de ser DOCE E GENTIL com você, mesmo que por vezes seja difícil, mesmo que por vezes eu queira ser áspera, ou simplesmente queira retribuir a amargura, a falta de docilidade, a ingratidão e a descentralização que recebo do mundo.
Que Deus as proteja e que esse mesmo Deus não as deixem esquecer que as levo comigo, do lado de dentro por toda a minha vida, pois “...só enquanto eu respirar vou me lembrar de você [s]”

Bem vinda a nossa _______
Novembro 2015
Aline







Eu te encorajo a hoje devolver com carta de amor os que tem te tratado com ingratidão, raiva e aspereza.




sábado, 26 de setembro de 2015

Filme cristão sobre romance


Hoje, tirei o dia para assistir um filme que achei pela cristocidência da vida...estava eu ontem querendo assistir um romance quando dei de cara com o filme "Á moda antiga", gostei do título e me surpreendi com a sinopse:

"De um passado imoral para uma vida de princípios e fé em Deus. Essa é a trajetória de Clay (Rik Swartzwelder). Agora um novo homem, ele abandona sua vida de farras para gerenciar um antiquário em uma pequena cidade. De outro lado, chega Amber (Elizabeth Roberts), uma mulher de mente aberta que se encanta com as ideias de Clay sobre o amor. Ambos aprenderão que superar o medo e as feridas do passado pode ser uma tarefa difícil, mas vital na construção de uma relação sólida que honre a Deus." Fonte:http://www.filmesonlinegratis.net/assistir-a-moda-antiga-dublado-online.html


Comecei a assistir o filme e tive a ligeira impressão de que esse filme de 2014, foi lançado por alguém que leu o livro Eu disse adeus ao namoro (Livro que já falei várias vezes aqui). Eu suuuuuuper recomendo esse filme, ele trata de um jovem que tinha uma vida longe de Deus e saia com diversas meninas e uma jovem que já fora casada e tinha se divorciado.
O jovem passa a viver um outro padrão, ele diz adeus ao namoro....entretanto encontra com essa moça que quer namorá-lo e o questiona por ele não elogiá-la, querer beijá-la ou qualquer coisa do tipo. Ele explica para ela:

"[...] namorar não nos treina para sermos companheiros para a vida toda, nos treina para sermos bons namorados [...] É a cobertura de um bolo. Agora aprender a nos controlar nos torna bons maridos."

"Beijos só no rosto até o casamento...nossa tarefa não é procurar, mas nos tornar a pessoa certa."


"Muitos dos limites existe para nos proteger. Não precisamos sair por aí usando uns aos outros." 




É difícil, até que ela entende os princípios dele e então.....tchan tchan depois dele superar seus medos, prepara uma surpresa super romântica para ela e aí...quer conferir clique abaixo e assista esse filme que fala de Deus, amor e romance retirando o beijo dessa relação.








quarta-feira, 27 de maio de 2015

Um convite de amor


Hoje, reencontrando arquivos perdidos, vi um convite que enviei ao Pedro, o convite é singelo, mas nos emocionou! Esse convite com certeza é fruto das várias formas de amar que tenho aprendido com as crianças, sintam-se inspirados.








                 Pedro Henrique,
Com imensa certeza e satisfação que lhe convido:

©     Para lembrar sempre que o Senhor nos uniu;
©     Para tolerar e perdoar meus momentos de acidez e falta de doçura;
©     Para viver da maneira mais poética que conseguir;
©     Para lembrar que o amo;
©     Para permanecer comigo nos problemas e nas soluções, nos choros e nos
sorrisos, no dinheiro e na falta dele;
©     Para confiar e não esquecer que Deus é quem escreve nossa história;
©     Para não deixar que eu surte ou tenha qualquer reação semelhante ao
resolver assuntos do nosso casamento (Rs); e
©     Para estar comigo.
                                                                    
                                 Quando?
Todos os dias das nossas vidas e até que a morte física nos separe.

Por gentileza, confirme o aceite todos os dias, através de um desses meios:
Facebook: Aline de Novaes Conceição/WhatsApp ----
ou mensagem para esse mesmo número/Skype: Alinenovaesc; ou ainda
 E-mail:alinenovaesc@gmail.com


domingo, 10 de maio de 2015

Amor para mãe

Hoje, compartilho o texto que entreguei para minha mãe neste dia das mães.

Mãe,

de todos os presentes que lhe dei, este eu quis que tivesse um significado que retratasse a própria data, hoje, dia das mães lhe entrego um colar que fechado forma um CÍRCULO, o círculo não podemos encontrar o começo e nem o fim e isso é o meu amor por você, eu não sei como e onde começou, mas eu sei que não terá fim  como esse círculo. Além disso, esse colar tem um pingente de CORAÇÃO que retrata o amor que permeia nossa relação de mãe e filha. Reparou também que o colar é dourado? Pois é, nossa relação valeu, vale e valerá OURO. Que todas as vezes que você usar esse colar você possa se lembrar desses significados.
Apesar de todas as nossas diferenças (que são tantas), apesar dos seus defeitos (que às vezes me irrita), eu te amo da forma que Deus criou um filho para amar uma mãe, hoje, eu queria lhe honrar e lembrar das qualidades que você tem (afinal, a gente passa tanto tempo lembrando dos defeitos não é mesmo?).
Mãe, você merece ser chamada por esse nome, esse título você fez muito bem, quantas vezes eu doente e você toda preocupada? Cuidado, sensibilidade e educação são palavras que descrevem a sua função como mãe. Sempre me protegendo da friagem, da fome, da sujeira, dos piolhos, da doença e de tantas outras coisas....Você Mãe, sempre esteve comigo frequentou minhas reuniões de escola, ouviu minhas angústias,
ouviu minhas dores de alma, esteve comigo quando eu não queria comer, quando o meu coração doía, quando a minha cabeça doía, chorou com meus choros, se preocupou com as minhas fraquezas...Quantos segredos compartilhei com você e como em uma válvula de escape me sentia mais leve? Dividi fardos com você....Além disso, você chorou com as minha conquistas e sorriu com as minhas vitórias. Você Mãe que agarrou o troféu que recebi da UNESP e orgulhosamente o segurou nas fotos...Você é conquistadora de tudo que tenho recebido, pois você que me acompanhou em cada angústia, em cada plano, em cada emprego, em cada concurso, em cada decisão...
Não há como não lhe agradecer por eu ter sempre o que comer preparado, por eu ter roupa lavada e passada, por eu ter casa limpa. Você é a mulher que Deus instituiu para cuidar de mim e me ensinar a crescer. Hoje, olhando para você vejo que cada vez estou crescendo mais, sendo autônoma e me virando na vida, hoje, percebo que pelos meus planos em pouco tempo, ou ano, estarei morando distante de você....Isso significa que você fez seu papel bem “feitamente”  você se fez mãe e eu filha, você me criou para ter asas e agora está chegando a hora de voar...sinta-se orgulhosa todas as vezes que me ver me virando bem, resolvendo meus problemas e conflitos, pois você também me ensinou isso! Posso te dizer que no geral você cumpriu seu papel e me formou....Te amo mãe e obrigada por ser Mãe, posso dizer que com certeza eu tive uma mãe!

Finalizo esta carta compartilhando um texto escrito por Ruth Manus

Tá na hora de você dar uma sossegada.
Mãe, pára um pouco. Dois minutinhos só. Sei que a ideia de parar não existe para você, mas eu tô pedindo. Baixa a frequência, senta no sofá, alguém cuida de todo o resto, vai por mim.
Eu sei que não importa quantos anos passem, você tem a eterna sensação de que é responsável por tudo. Pela sua vida, pela minha, pela dos que nos cercam...Sei que não adianta eu te dizer que sou adulto, sei que você nunca vai aceitar a ideia de que já não está mais no comando.
Pois é, mãe. Mas o fato é que me flagrei adulto. Não só por causa do trabalho, das responsabilidades e cobranças. Me percebi adulto num certo dia perdido no passado. Dia em que engoli o choro para que você não visse. O dia em que disse em que estava tudo bem quando o peito estava cheio de fantasmas. O dia em que esperei você virar as costas para poder desmoronar.
Por quê? Porque eu sabia que, de um jeito ou de outro, as coisas se ajeitariam. E não ia ser através das suas mãos. Então, por que te preocupar? Por que te angustiar mais do que você já se angustia por conta própria?
Mãe, eu parei de depender da sua barriga, parei de depender do seu peito, parei de depender das mamadeiras quentinhas, parei de depender da ajuda no banho, parei de depender da sua carona.
Mas você nunca parou de se preocupar. Talvez se preocupe ainda mais agora, porque sabe que o voo é cada vez mais alto.
Você se lembra das centenas de vezes em que eu gritei “EU QUERO A MINHA MÃE!” quando era criança? Na verdade eu não queria. Eu precisava. Precisava do seu colo, do seu beijo na testa, do seu cafuné, do seu cheiro. Precisava, porque sem você não havia chão.
Hoje eu não preciso, mãe. Você já me ensinou a amarrar os sapatos, andar olhando pra frente, levantar das quedas, limpar as lágrimas, rir de mim mesmo e seguir em frente. Mais do que me ensinar, você foi o exemplo vivo disso.
Sério mãe, o mundo gira sem que você o empurre. E eu me viro sem que você perca o sono. Porque chegamos num ponto da vida em que eu perco o sono ao te ver sem dormir. Essa dinâmica já não faz mais sentido.
O famoso “eu quero a minha mãe!” é agora. Agora eu quero você. Mas quero você tranquila, ouvindo minhas histórias, mexendo no meu cabelo, rindo comigo, opinando, discordando. Não de peito apertado. Não suspirando pelos cantos achando que eu não vou encontrar o caminho certo. Eu vou. Você me deu o melhor mapa.
Aceite meu presente desse ano: uma relação de amor e de parceria, não mais de dependência, nem prática, nem emocional. Tanto minha quanto sua.
Meu presente, na verdade, é quase um pedido. Essa noite, mãe, deite a cabeça no travesseiro sabendo que está tudo bem. Que mesmo quando minha vida estiver dura, você não precisa ficar com os olhos arregalados, olhando para o teto buscando saída. Isso é comigo.
Você construiu uma pessoa com o que havia de melhor em você. Deu o que tinha e o que não tinha para me fazer feliz e sólido. E eu estou aqui, consciente da minha sorte e da minha força.
Olhe por mim, peça por mim, orgulhe-se de mim. Deixe-me ser de novo a luz dos seus olhos, como fui quando era um bebê sorridente. Não me iludo, achando que você vai parar de se preocupar. Sei que é impossível. Mas deixe-me hoje ser eu quem te abraça e te diz baixinho: está tudo certo.”


9/6/2015




quinta-feira, 23 de abril de 2015

Um convite


Empresta-me seu peito para que eu possa encostar meu rosto, ouvir seu coração, encontrar o som do silêncio e pazear. Dê-me serenidade com a sua presença, suave e aquieta-me.

domingo, 19 de abril de 2015

Casal: UM espírito + UMA alma = lutas juntos

[...] um só espírito, como uma só alma, lutando juntos pela fé evangélica [...]" (Filipenses 1:27)


Sábado, 3h:43 da madrugada e o Senhor fala algo muito forte ao meu coração!
Voltemos ao início disso, há momentos na vida Cristã em que não estamos no ápice do relacionamento com Deus, então algumas coisas vão tomando lugar daquilo que deveria ser somente do Senhor. Quando vemos, esquecemos do que o Senhor nos Deus, do seu cuidado, da sua vontade e de que ele pode falar conosco, nesse momento, voltamos a ele e ele misericordiosamente volta a nos guiar. 
Tenho vivido um tempo de preparo para o casamento e confesso que esse tempo não tem sido tão fácil como era o namoro, as responsabilidades aumentam e precisamos nos aperfeiçoar para nos doarmos ao outros e deixarmos nossas vontades em favor do outro. Enfim, diante da minha dificuldade que nada tem a ver com o meu noivo (que aliás é um grande homem de Deus e alguém em que confio em depositar minha submissão), o Senhor falou-me algo tão lindo.
Inicialmente, na quinta-feira fui levada pelo meu noivo a pensar em como haverá lutas no relacionamento e o que será uma aliança de casamento, considerando que contos de fadas não existem e o que existem são histórias reais que exigirão escolhas de continuarmos prosseguindo rumo a convivência com o outro. Em seguida, ao ler a bíblia fui levada a pensar  em filipenses 1: 27 quando Paulo diz que espera ver ou ouvir dizer  que  o povo de Filipos estará em " [...] um só espírito, como uma só alma, lutando juntos pela fé evangélica [...]". Após isso, no curso de noivos da igreja que sou membro, fui levada a pensar nas alianças que estabelecemos, Deus, na bíblia estabeleceu oito alianças com seu povo e não quebrou nenhuma, ele é o Deus que cumpre as alianças e por isso, mesmo que esteja difícil, mesmo que seja complicado, devemos buscar cumprir a nossa aliança com fidelidade.
Mas o melhor do melhor ocorreu hoje, fomos a um casamento, (teremos muitos nesse ano, como se o Senhor nos preparasse para o nosso hehe) e ao chegar em casa descarreguei as imagens da câmera e enviei para meu noivo, dentre as fotos havia 40 nossas, passei para ele pela internet e selecionei uma foto para postar, escolhi um efeito e postei no instagram em meio a 24 efeitos de fotos selecionei um. Após dois minutos, recebi a notificação de que meu noivo havia postado a mesma foto com o mesmo efeito, curti a foto e pensei "Ué, ele tirou print e postou a mesma foto?".
Fui perguntar a ele e então ele disse que pensou que eu  que havia tirado print, após várias indagações percebemos que postamos a mesma foto e colocamos o mesmo efeito. No mesmo momento o Senhor me levou a pensar no versículo de Filipenses 1:27, ou seja, que ele espera de nós enquanto casal é nos mantermos no mesmo espírito que é ele, na mesma alma e que a partir disso, lutemos, pois com o mesmo espírito e com a unidade de alma conseguiremos lutar...
Eu não sei o que você tem passado no seu relacionamento, se está difícil, muitas vezes por motivos que você mesmo desconhece, mas eu te encorajo como o Senhor me encorajou a prosseguir, a se unir com o seu par e juntos com o espírito Santo lutarem, prosseguindo para aquilo que é a vontade de Deus.