Pesquisar neste blog

Mostrando postagens com marcador Deserto. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Deserto. Mostrar todas as postagens

segunda-feira, 1 de maio de 2017

Sente-se fraco e em pedaços?


Há alguns anos, cantaram esse trecho para mim:


"Mesmo fraco em pedaços
Eu prefiro te dizer
Obrigado por estar...
Ao teu lado me refaço
Eu preciso ter você
Obrigado por estar aqui !"



Naquele momento, eu sabia que embora a canção original falava de Cristo, ela foi perfeitamente encaixada naquele momento. Momento em que precisavam de mim para que a pessoa fosse refeita, meses depois o contrário foi verdadeiro rs foi a minha vez de precisar. Voltando ao presente, lembrei dessa música ontem e não foi sem motivos, eu estava precisando me refazer, eu estava fraca e precisava de...então essa canção surgiu como uma memória, lembrando-me de que Deus pode ser sempre aquele que está ao meu lado.
Então, diante da fraqueza e dos pedaços se refaça!






Obrigado Por Estar Aqui
Rosa de Saron
  

Quantas vezes eu quis
Tão longe buscar o que nunca percebi
Por tantos lugares passei
Mas afinal você sempre esteve aqui

Quantas vezes eu quis
Por um instante te fazer feliz
Seja com minha voz, meu louvor, meu amor,
Meu coração se agita quando você... me olha assim
Tudo o que eu tenho é você

Mesmo fraco em pedaços
Eu prefiro te dizer
Obrigado por estar...
Ao teu lado me refaço
Eu preciso ter você
Obrigado por estar aqui !

Quantas vezes errei
Mas no final permaneceu o amor
Renasceu em mim a força da cruz
E eu já não sei mais o que é viver
Um dia sem você
Faz parte do meu ser

Mesmo fraco em pedaços
Eu prefiro te dizer
Obrigado por estar...
Ao teu lado me refaço
Eu preciso ter você
Obrigado por estar aqui !






sábado, 4 de junho de 2016

Depois do deserto: a conquista da promessa

"Seja forte e corajoso! Não se apavore, nem desanime, pois o SENHOR, o seu Deus, estará com você por onde você andar." (Josué 1:9)


Resultado de imagem para Rio jordão se abrindo

Tenho refletido sobre a vida de Josué, aquele homem que foi escolhido por Deus quando Moisés morreu. A história se inicia quando Deus usa Moisés para libertar o povo da escravidão no Egito, o povo é liberto e vai no deserto rumo a uma terra que Deus prometeu que manaria leite e mel. Tenho diversos textos aqui no blog sobre o que aprendemos no deserto (só clicar abaixo) 



realmente com essa história Deus falou muuuuito ao meu coração, em um determinado momento precisava de libertação, Deus me libertou e me deu promessas, mas tive que andar em um deserto por um longo tempo rs
Como todo deserto com Deus, assim como o povo descrito na bíblia Deus cuidou de mim sobrenaturalmente, deu vários sinais de que ele estava comigo. Na bíblia menciona que durante o deserto havia o maná que caia do céu e o povo se alimentava, no decorrer desse caminho, o povo foi se acostumando com os milagres e cuidado do Senhor e passaram a reclamar, pois no Egito "comiam melhor" ao invés de focarem no cuidado de Deus, focarem quando Deus abriu o mar vermelho para eles passarem, não eles focaram no que não tinham e murmuraram muito, até que Deus decidiu que eles não entrariam na terra prometida, mas quem entraria seria os descendentes desse povo.
Em meio a tudo isso, Moisés que guiava o povo morreu, o povo também morreu e ficaram os descendentes e é então que Deus levanta Josué para entrar na terra prometida


"....preparam-se para atravessar o rio Jordão e entrar na terra que estou para dar aos israelitas."  (Josué 1:2) 

         
E é nesse ponto  que quero chegar, assim como esse povo eu também tenho vivido um tempo de enxergar que em breve conquistarei o que outrora o Senhor me prometeu que eu conquistaria, a promessa do Senhor está prestes a se cumprir. Quando o Senhor nos fala isso, o sentimento é de tranquilidade, alegria, plenitude não é mesmo??? Não, não é! 
Mesmo Deus falando isso a Josué, mesmo Deus falando que estaria com Josué e não o abandonaria   (Josué 1:5), Josué não teve coragem e então, no primeiro capítulo o Senhor teve que falar três vezes para Josué:




Seja forte e corajoso
Seja muito forte e corajoso
Seja forte e corajoso não se apavore e nem desanime         


Um aprendizado que temos aqui é que em meio a conquista da promessa, muitas vezes nos faltará coragem e ânimo. Ressalto que a  cada vez que o Senhor falava para ele ser forte e corajoso algo aumentava rs como o "muito", o "não se apavore" e "nem desanime", Josué ao receber essa palavra de Deus, apesar de Deus estar dizendo que  seria com ele, Josué foi fraco, sem coragem, estava apavorado e desanimado. 
Mesmo assim, ele prosseguiu em obedecer e quando foi contar para o povo eles novamente disseram "Seja forte e corajoso". Deus usou Josué,  em meio a isso abriu o rio Jordão para o povo atravessar, novamente Deus abriu as águas, ou seja, abriu na saída do povo do Egito e na conquista da terra prometida. 
Deus abriu o rio para mostrar que ele tinha poder e que ele estava com o povo, muitas vezes antes de conquistarmos aquilo que o Senhor quer que conquistamos ele coloca águas para obstruir nossos caminhos, pois só assim ele poderá abri-las. Você está prestes a conquistar o que Deus tem para você? Mas está sentindo dificuldades, as coisas estão piorando? Não consegue passar? Aquieta-te, seja forte, tenha coragem, não desista da promessa, se Deus mandou, se Deus prometeu essas águas somente servirão para você ter a certeza de que Deus está com você!


Não molhe seus pés, não se afunde, confie , não desanime e Deus diante dos seus olhos abrirá um caminho onde visivelmente é impossível andar.

terça-feira, 2 de dezembro de 2014

Plano do Senhor





Nem sempre o Senhor te guiará para o caminho mais curto rumo a conquista da promessa, em alguns momentos retroceder também fará parte do plano do Senhor:

"Quando o faraó deixou sair o povo, Deus não o guiou pela rota da terra dos filisteus, embora esse fosse o caminho mais curto, pois disse: Se eles se defrontarem com a guerra, talvez se arrependam e voltem para o Egito". (Êxodo 13:17)


Agosto de 2013

domingo, 24 de agosto de 2014

Deserto? Adiante Deus põe rios


Postei no blog Menina, Mulher Cristã


"Não vos lembreis das coisas passadas nem considereis as antigas. Eis que faço uma coisa  nova, que está saindo à luz; porventura não o percebereis? Eis que porei um caminho no deserto e rios, no ermo." (Isaías 43:18-19)



Olá princesas, hoje serei breve, ao reler o versículo acima, o Senhor trouxe a minha memória o dia exato em que esse versículo foi guardado em meu coração, no dia 31 de dezembro de 2013. Era um momento em que nada dava certo, havia sequidão, nada frutificava, foi então que o Senhor me disse para não me lembrar das coisas passadas, pois ele estava fazendo nova todas as coisas, hoje ao procurar o significado de ermo me deparo com o seguinte:



"Ermo significa deserto, desabitado, solitário, despovoado; e vem do grego "éremos".  (Fonte: http://www.significados.com.br/lugar-ermo/)



Logo, se inseríssemos o significado acima no versículo poderíamos dizer que: "Eis que faço uma coisa nova, que está saindo à luz...Eis que porei um caminho do deserto e rios no deserto solitário."

O Senhor me alertava que haveria frescor, descanso e refrigério em meio ao calor, a dificuldade, a solidão. Desde esse dia, a partir do dia 31 do ano passado, o Senhor tem me mostrado a verdade desse versículo e as maravilhas de poder desfrutar dos seus caminhos e dos seus rios que foram colocados em meio ao deserto em todas as áreas da minha vida! Deus é bom em todo tempo, os desertos servem para que adiante o Senhor coloque rios.

Princesas, o que eu quero hoje, é que vocês compreendam que não importa o que estão passando, o nosso Deus tem todo poder de colocar um novo caminho na sua situação, as tribulações são leves e momentâneas. Permaneça, persista e verás!





sexta-feira, 3 de janeiro de 2014

2014: tempo de que?


Postei o texto abaixo no blog Menina Mulher Cristã




Olá princesas, hoje, o terceiro dia do ano o Senhor já tem mostrado o seu agir e tem feito grandes coisas. Há aqueles que pensam que virar o ano é indiferente  é assim é apenas mais um dia....Este ano de 2014 com certeza não foi continuação do último dia de 2013, tenho tido um novo ânimo, vivido coisas novas, conhecido novas pessoas,  enfim é um novo tempo em minha vida. Mas 2014 será o tempo de que? A bíblia em Eclesiastes 3 de 1 a 8, nos fala sobre o tempo:



"Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu.

Há tempo de nascer, e tempo de morrer; tempo de plantar, e tempo de arrancar o que se plantou;
Tempo de matar, e tempo de curar; tempo de derrubar, e tempo de edificar;
Tempo de chorar, e tempo de rir; tempo de prantear, e tempo de dançar;
Tempo de espalhar pedras, e tempo de ajuntar pedras; tempo de abraçar, e tempo de afastar-se de abraçar;
Tempo de buscar, e tempo de perder; tempo de guardar, e tempo de lançar fora;
Tempo de rasgar, e tempo de coser; tempo de estar calado, e tempo de falar;
Tempo de amar, e tempo de odiar; tempo de guerra, e tempo de paz."


Fazendo um balanço de 2013, percebi que foi um tempo de curar, de derrubar, de chorar, de abraçar, de perder e por fim um tempo de paz. Eu não entendia a falta de colheita do ano, até que o Senhor me mostrou que não era tempo de colheita, era tempo de semear. Desse modo, há tempo de semear e há tempo de colher.
O importante que vemos nesses versículos, é que  há tempo para todos os verbos, ou seja, há tempo para todas as ações nessa terra, isso traz alívio aos que estão passando por situações difíceis e alerta aos que estão em outro tempo, é necessário que estejamos preparados para os bons e os maus tempos, dessa forma, devemos nos lembrar que independente do tempo que estamos  outros tempos virão e graças a Deus por isso.

Qual foi seu tempo em 2013? Qual será seu tempo em 2014? Eu declaro que em 2014 será o tempo de colher, de falar, de dançar e tempo de AMAR. 










Princesas, vamos viver com Deus aquilo que ele tem para o nosso tempo.

quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

15 coisas que aprendi no deserto: parte 3

Olá queridos hoje venho postar a última parte das 15 coisas que o Senhor me ensinou no deserto.



No primeiro e no segundo dia eu postei 7 coisas e deixei uma coisa só para esse post, o fato é que o 15ª aprendizado é uma resposta do Senhor que eu estava solicitando há tempos...A resposta veio da maneira "Cristocidência" de ser. 
Eu teria uma reunião na sexta-feira na UNESP, foi quando a reunião foi alterada para segunda-feira, normalmente a reunião dura até 19h:00, porém nesse dia a reunião terminou exatamente 18:30, eu estava saindo da universidade quando vi um membro de uma igreja que eu visitei no mês passado. Ao ver ele eu lembrei  que na segunda-feira exatamente às 18:30 havia célula na UNESP.
Então, eu  perguntei à ele se haveria célula e é claro que ele disse que sim rs. 
Quando iniciamos a célula, descobri que o tema seria: êxodo (óbvio não é mesmo? Justamente o livro que fala do povo no deserto), pronto já sabia que descobriria algo importante da parte de Deus e foi então que o Senhor falou profundamente ao meu coração e me respondeu algo que eu havia perguntado há algum tempo.
Essa resposta está em êxodo 1, é interessante que o ponto final que o Senhor falou comigo sobre a história de Moisés (ponto final por vários motivos, inclusive porque a revista das crianças sobre esse tema acabou e iniciaremos outra revista) foi justamente voltar ao início, é como se o Senhor quisesse me responder que para ele o fim é o começo e o meu fim foi meu começo para os planos de Deus. Vocês devem estar curiosos não é mesmo? Vamos ao texto então:


Estamos no Egito, após o falecimento de José veio um Faraó que não o conhecia e como havia israelitas no Egito ele temia que esse povo saísse dessa terra então disse:

10
Eia, usemos de sabedoria para com eles, para que não se multipliquem, e aconteça que, vindo guerra, eles também se ajuntem com os nossos inimigos, e pelejem contra nós e subam da terra
12
Mas quanto mais os afligiam, tanto mais se multiplicavam, e tanto mais cresciam; de maneira que se enfadavam por causa dos filhos de Israel.
13
 E os egípcios faziam servir os filhos de Israel com dureza;


Faraó queria evitar que o povo se multiplicasse, porém quanto mais ele afligia o povo, mais o povo se multiplicava e mais crescia, o egípcios os tratava com dureza. Queridos, já houve alguma situação em que você foi tratado com dureza? Foi afligido? Saiba que todas as coisas cooperam para o bem dos que amam a Deus e essa situação pode ser exatamente para que você cresça e multiplique, não importa o que fazem com você, o Senhor pode usar isso para o seu crescimento, clame a ele e no tempo certo ele te liberta (como ele fez com esses israelitas que depois receberam Moisés para que pudesse libertar eles e caminhar rumo a uma nova terra que manava leite e mel).



Aflição? É um degrau para a sua multiplicação,some todas suas aflições e seja multiplicado em Deus!






  

quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

15 coisas que aprendi no deserto: parte 2

Vamos continuar os 15 ensinamentos?






O Senhor disse que queria que os israelitas o obedecessem e então escreveu os 10 mandamentos. O povo disse que obedeceria as regras.

8- Como Cristãos temos leis para seguir


O Senhor pediu para o povo construir uma tenda um tabernáculo, ele deu todas as instruções e depois disse que essa tenda seria o lugar que o Senhor habitaria, ou seja, o Senhor queria habitar no meio do povo, porém para isso o povo teve que cumprir algumas ordens. Ressalto que a tenda era móvel e poderia ser levada pelo povo onde quer que fosse.


9- até no deserto o Senhor deseja habitar conosco só depende de seguirmos as instruções.


10- a presença do Senhor nos acompanha



Durante a viagem o Senhor guiava o povo por uma nuvem, 



11- o deserto nos cega, tira nossa visão, não permite que vejamos o fim, mas o Senhor nos guia



O povo se aproximou da terra prometida e então Moisés enviou espias para a "terra prometida", eles voltaram dizendo que a terra era boa, mas disseram também que havia gigantes lá e que os gigantes iria matar eles. Então, o povo começou a chorar, mas Josué e Calebe disseram que eram fortes e que iriam conquistar a terra.


12- não olhe para os gigantes se o Senhor te prometeu receba a sua promessa independente do que aparenta ter no caminho


13- o Senhor nos chamou para sermos corajosos e confiantes



O povo se esqueceu de tudo que Deus já havia feito para eles, todos os milagres, todo o cuidado e por isso temeram.


14- nunca se esqueça do que o Senhor já fez por você


Com isso, somente Josué Calebe e os filhos daquelas pessoas que duvidaram entraram na terra prometida.




continua amanhã =)



terça-feira, 3 de dezembro de 2013

15 coisas que aprendi no deserto: parte 1


"O Senhor te guardará de todo o mal..." (Salmo 121:7)

Olá queridos, há seis meses que o Senhor tem falado profundamente ao meu coração sobre a história de moisés e da sua relação com o povo no deserto (está em Êxodo). Quando o Senhor quer falar algo nas nossas vidas ele move tudo para aquele tema, de repente as pregações dos pastores começaram a ser sobre deserto e sobre Moisés. Com as músicas não foi diferente.
Até que recebi no segundo semestre, a revista para trabalhar com as crianças da igreja e adivinhem o tema: "Um líder especial" Sabe qual é esse líder? Moisés é claro rs 
Eu já disse aqui que aos domingos de manhã quando vou falar de Deus para as às crianças, o Senhor fala antes comigo, desse modo, a cada semana que estudo a lição eu penso: "O que será que o Senhor quer falar comigo nessa semana?" E ás vezes o Senhor fala quando estou ministrando as lições.
Durante esses meses que estudei a história de Moisés foi impressionante o que aprendi. O Senhor falou muito comigo e com certeza vai falar com vocês, dividi esses aprendizados em 15 tópicos, como ficou muito grande, dividi o post sobre deserto em três partes, publicarei uma parte por dia, Estão preparados para passarem pelo mar vermelho? aí vai a primeira parte:






Tudo começa com os Israelitas eles eram um povo escravo e então o Senhor disse para Moisés libertar o povo.


1- o Senhor não nos quer escravos ele nos quer libertos




Moisés teve medo da sua missão e disse para Deus que não seria capaz e o Senhor disse para ele não temer, pois o Senhor iria ajudá-lo e o seu irmão Arão também.


2- o Senhor é nosso encorajador


Moisés foi para o Egito e junto com Arão foi falar para Faraó libertar o povo, porém Faraó não libertou. O Senhor disse que faria mal à Faraó se ele não libertasse, mas Faraó não ouviu e então o Senhor enviou dez pragas para o Egito. Faraó libertou o povo na última praga, quando o seu filho morreu.


3- não há quem impeça o agir do Senhor


O povo foi libertado e  quando estavam caminhando, Faraó se arrependeu e mandou seu exército ir atrás deles. Então o Senhor deu o direcionamento para que Moisés fosse usado para abrir o mar vermelho . O povo passou pelo mar mas o exército não conseguiu, morrendo ao mar se fechar.



4- quando há um mar na nossa frente e parece impossível passar por ele, o Senhor abre o mar 


Depois disso, o povo continuou andando no deserto em busca da terra prometida.


5- para conquistar a promessa muitas vezes será necessário passar pelo deserto


Após três dias, os israelitas encontraram água, porém era amarga e então começaram a reclamar que não havia água para beber, Moisés a pedido do Senhor jogou um galho na água e o Senhor transformou a água amarga em doce


6- o Senhor quer transformar nossos problemas, nossas causas pesadas em causas leves, porém é necessário ouvir a voz dele e perguntar "o que devo fazer Senhor?" Ele quer transformar, mas quer te usar para isso



Em seguida, os israelitas começaram a reclamar da falta de comida e lembraram o que tinham de comer no Egito e esqueceram que foram escravos. Deus disse para Moisés que iria enviar carne durante a tarde e pão durante a manhã, mesmo assim o povo continuou reclamando da falta de água. Moisés orou ao Senhor e recebeu a ordem de bater com pedra na rocha e assim começou a sair água da rocha.


7- o Senhor cuida de todas as necessidades, mesmo que para isso seja necessário tirar água de pedra



O Senhor tem guardado o povo de Israel de todo mal não é mesmo? Ainda há muito que o Senhor fez para o povo de Israel...

Continua amanhã =)



terça-feira, 29 de outubro de 2013

A paz não depende das circunstâncias

"E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará o coração e a mente de vocês em Cristo Jesus." (Filipenses 4:7)





Queridos, imagine a seguinte situação: de repente tudo começa a dar errado em sua vida, seus planos se frustram, o que você almeja não acontece, no seu trabalho só há reclamações, seus amigos se afastam....você não vê perspectiva, sente-se cansado o tempo inteiro e não tem disposição para nada. Parece até que está em vários desertos não é mesmo? Deserto emocional, sentimental, espiritual, financeiro...
Então, pelo seu entendimento, todas essas situações te levarão para uma falta de paz, você fincará inquieto certo? 


ERRADO!


A paz do Senhor não depende da situação, no versículo acima, há que que paz do Senhor "excede todo entendimento", mesmo sem entender na pior situação da sua vida, no pior deserto, é possível ter paz. Mas como?  Não andando ansioso e entregando o seus problemas ao Senhor: 


"Não andem ansiosos por coisa alguma, mas em tudo, pela oração e súplicas, e com ação de graças, apresentem seus pedidos a Deus. E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará o coração e a mente de vocês em Cristo Jesus." (Filipenses 4:6-7)



Eu não sei como está sua situação hoje, mas se te falta a paz, independente da circunstância ou do motivo, apresente suas súplicas ao Senhor e receba a paz que excede todo entendimento e que guarda sua mente e coração. 

A paz nasceu na estação da graça do Senhor, não há o que tire a paz deste meu novo ser.



Experimente esse sobrenatural de viver a paz mesmo quando as ondas estão agitadas e você sente que a qualquer momento poderá cair do barco... 

domingo, 29 de setembro de 2013

Seu deserto será transformado em Éden


"[...] fará o seu deserto como Éden e a sua solidão, como o jardim do SENHOR; regozijo e alegria se acharão nela, ações de graças e som de música." (Isaías, 51: 3)  





Há momentos na nossa vida em que passamos por desertos não é mesmo? Deus não disse que seria fácil ou que não sofreríamos, mas caminhar com ele faz com que os desertos se tornem escolas e nos dão a certeza de que precisamos passar por esses lugares para alcançarmos a promessa.  
Ressalto que uma das promessas do Senhor é que ele transformará o deserto em "Éden" , ou seja, em um belo  jardim


"Porque o Senhor tem piedade de Sião; terá piedade de todos os lugares assolados dela, e fará o seu deserto como Éden e a sua solidão, como o jardim do SENHOR; regozijo e alegria se acharão nela, ações de graças e som de música." (Isaías, 51: 3)  


Que maravilha ouvir isso do Senhor em momentos desérticos, saber que os estados atuais serão transformados. Porém, para que isso ocorra é necessário atentar-se para uma palavra que é mencionada várias vezes nesse capítulo "Desperta", devemos despertar e nos "amar com força" como diz no versículo nove, mas como se armar? Com as armas espirituais, jejum, oração e leitura da palavra...
O Senhor continua a sua promessa: 

"Assim voltarão os resgatados do Senhor e virão a Sião com júbilo, e perpétua alegria lhes coroará a cabeça; o regozijo e a alegria os alcançarão e fugirão a dor e o gemido." (Isaías 51:11)

Além disso, o Senhor nos lembra que é aquele que nos consola e não devemos temer a nenhum homem, pois não devemos esquecer que o Senhor fundou a terra, ele é quem agita o mar ele é o "Senhor dos exércitos" e por isso ele diz:

"Ponho as minhas palavras em tua boca e te protejo com a sombra da minha mão [...]" (Isaías 51:16)


Você já percebeu que há momentos em que pensamos algo e logo em seguida nos vem um versículo respondendo aquela situação? É o Senhor colocando palavras dele em nossas bocas para nos proteger, assim por nos proteger ele pleiteia as nossas causas e por isso fala conosco, nos consola e nos remi.
Querido (a), eu não sei como está o seu coração hoje, se há dores, feridas ou lembranças que te fazem chorar. Sente-se em um deserto? Se essa é a sua situação, saiba que o Senhor transformará seu deserto em Éden e a sua solidão como o jardim do Senhor. Claro que antes é necessário que você aprenda algumas coisas que o Senhor quer lhe ensinar, enquanto isso, nesse tempo desértico, caminhe e se deixe consolar e ser protegido pelo Senhor!



No deserto é mais fácil nos aproximarmos do Senhor e sermos cuidados de maneira plena. Deserto é lugar de consolo e proteção!





segunda-feira, 23 de setembro de 2013

No deserto olhe para a sua libertação

"Sobe para uma terra que mana leite e mel eu não subirei no meio de ti, porque és povo de dura cerviz, para que não te consuma eu no caminho." (Êxodo 33:3)


Amados, hoje venho falar de um tema que há tempos era para ser escrito. Quantas vezes nos vemos no deserto? Um lugar seco, em que por horas falta alívio, nos cansa e não nos traz visão...no deserto corremos o risco de sermos confundidos, para onde iremos? Nada se vê além da imensidão do deserto.
Na bíblia temos em êxodo, o exemplo do povo que era escravo, trabalhava para Faraó sem reconhecimento nenhum, porém o Senhor usou Moisés para libertar esse povo, essa libertação foi conquistada, pois Faraó estava com o coração endurecido e não libertou de imediato até que o Senhor enviou pragas à ele que cedeu com a morte do seu filho.
O povo estava liberto, andando, mas Faraó se arrependeu e ordenou que buscassem o povo novamente, até que os libertos depararam-se com um mar, e agora? Como atravessaremos? Então, Moisés novamente foi usado pelo Senhor para ser instrumento na abertura do mar, imaginem amados, um mar se abrindo para o povo passar e depois fechando quando os servos de Faraó estavam passando.
Deus é maravilhoso não é mesmo?  Podíamos terminar aqui a história, seria bela. Porém, todavia, entretanto na busca da terra prometida, murmurou sobre a falta de água e falta de alimento,  o Senhor enviou água e o maná...mas o povo ainda não estava contente, diziam que no Egito, local em que eram escravos, havia carne e havia o que beber. Paremos aqui, quanta provisão o Senhor tinha mostrado ao povo para que eles continuassem assim, o Senhor havia os libertado de maneira sobrenatural e agora eles estavam reclamando por que não havia alimento? O Senhor é nosso pastor nada nos falta, se ele abriu o mar vermelho é claro que supriria todas as outras necessidades do povo.
O pecado do povo estava em justamente tirar o olho do que o Senhor havia feito, eles se esqueceram do cuidado lindo e da libertação sobrenatural do Senhor, como consequência focaram a visão no que não tinham. 
Quantas vezes após uma libertação, somos levados ao deserto e então nos esquecemos da libertação e começamos a olhar para o deserto? Irmãos, deserto é lugar de passagem, é escola não é morada. 

Está no deserto? Tire os olhos daquilo que ainda não tem e foque para a sua libertação. O Senhor agirá, mas lembre-se no quanto ele já agiu.

Em êxodo 33:3, temos que o Senhor se refere a esse povo dizendo que são de dura cerviz, que o Senhor não pense isso ao nosso respeito. Ao contrário disso, devemos fazer o que está em Pv 23:26 "Dá-me filho meu, o teu coração e os teus olhos se alegrem do meu caminho."
Vamos nos alegrar do caminho do Senhor, se passarmos com o Senhor no deserto, alcançaremos a terra prometida, deserto é lugar de sofrimento, mas também é lugar de intimidade e visualização do sobrenatural do Senhor.
Venha hoje, subamos alegres rumo a conquista da terra, foque na terra, foque na sua libertação esqueça o que te faz falta, confie em Deus! Ele suprirá.



Olho para o meu futuro,
Simplesmente vejo a mão de Deus,
Mais nada, mais nada.

Como será meu amanhã?
Eu só tenho uma garantia:
É Deus e mais nada.

Quando o céu escuro.
Traz a tempestade, escondo.
Eu sei muito bem
A força do Deus que eu sirvo
Uma ordem dele faz do que não é possível
Mais um milagre. A minha vida é um milagre.

Quem anda com Deus,
Não vive por si só,
É cuidado como criança de colo,
Que nos braços fortes do Pai,
Descansa no aconchego do amor.
Assim sou eu.
O meu futuro é Deus.

Quando o céu escuro traz a tempestade, escondo.
Eu sei muito bem a força do Deus que eu sirvo.
Uma ordem dele faz do que não é possível
Mais um milagre. A nossa vida é um milagre,

Quem anda com Deus,
Não vive por si só,
É cuidado como criança de colo,
Que nos braços fortes do Pai,
Descansa no aconchego do amor.
Assim sou eu.
Assim sou eu, assim é...

Quem anda com Deus,
Não vive por si só,
É cuidado como criança de colo,
Que nos braços fortes do Pai,
Descansa no aconchego do amor.
Assim sou eu.
O meu futuro é Deus.



sexta-feira, 9 de agosto de 2013

Espere caminhando

Há tempos em que o Senhor silencia, em meio a dificuldades nos sentimos em um deserto e então esperamos pelo agir do Senhor. No deserto não há direção, a impressão é de andar e não chegar em lugar nenhum..porém, devemos caminhar, o deserto é a escola do Senhor. Caminhemos enquanto esperamos o agir do Senhor 





Esperar é Caminhar (Palavrantiga)

Quando espero a chuva chegar
Tu vens com o teu vento
Quando espero tua voz estrondar
Tu vens com o silêncio
Eu espero em Ti
Embora sem saber
Como Tu dirás eu não sei
Mas esperarei

Quando espero o mar se abrir
Vejo os meus pés sobre as águas
Quando espero o fogo arder
Ouço a brisa suave

Mesmo sem saber como Tu dirás
Dentro de mim reinará a Tua paz
Que me faz saber
Que esperar em ti
É sempre caminhar