Pesquisar neste blog

segunda-feira, 4 de junho de 2018

Formas de amar: aprendendo com crianças 61


Nessa nova cultura, ela que sempre teve desde bebê até grandões a chamando de professora...Precisa ficar repetindo mil e uma vezes que ela é prô ou professora e não tia. Não é soberba não, mas é engajamento político de quem sabe o que a tia quer dizer na sociedade e de quem sabe que não é parente, mas profissional que estudou e muito para estar ali.
Diante de tantos dizeres o aluno de cinco anos a olha e de repente sem contexto desse dizer rsrsrs ele diz:


-Olha só gente, não vou mais chamar ela de tia, vou chamá-la de prozinha...

Ele olha para ela e diz:

-Né prozinha?


Ela que sou eu abrimos um sorrisão  e entendo que aquele pequenino está querendo dizer que tia é carinhoso, professora é tão diferente, mas feito isso ele arrumou uma forma de manter o profissionalismo e o carinho... Tratou logo de criar uma nova palavra que reúne tanto amor e respeito.



Resultado de imagem para professora vintage

Nenhum comentário:

Postar um comentário