Pesquisar neste blog

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

Fim de um namoro início da vontade de Deus: capítulo 1 do Eu amo você




No primeiro capítulo do livro Eu amo você, o autor intitulou de "Era uma vez", nesse sentido, o autor relata que a fim de seguir seus planos individuais ele e sua namorada seguiram caminhos diferentes e cidades diferentes, porém eles trocavam cartas durante o namoro à distância.
Até que um dia as cartas foram diminuindo....diminuindo... e o autor orava no sentido da vontade do Senhor ser que essa namorada fosse a vontade do Senhor para vida dele. Na verdade, ele não estava preocupado em fazer a vontade do Senhor, mas transformar a vontade do Senhor na mesma vontade dele.Ele relata: 

Como foi difícil para mim entregar o namoro nas mãos de Deus e confiar no "Deus da minha Salvação"! Parece que com todos os jovens é a mesma coisa: entregar toda a vida, todo o futuro é até certo ponto, fácil, mas o namoro, "ah, isto é outra coisa!"

Passado alguns dias eis que ele recebeu uma carta em que sua namorada dizia que  sentia que era a vontade de Deus o término do namoro. 

Durante esse período o Senhor entregou um versículo para ele em que dizia para ele entregar os caminhos para o Senhor e confiar nele. Enfim, ele seguiu a vida dele, foi estudar e  após nove anos  havia uma moça orando assim "Senhor, tu conheces o meu coração, Tu sabes que eu estou pronta para ir ao campo    missionária sozinha, mas se o Senhor quiser mandar um missionário comigo, por favor mande ..."       E ele do outro lado da cidade estava  pastoreando a igreja,     estudando os livros livros e "tentando entregar diariamente os  sentimentos e desejos ao Senhor, orava: "      Senhor, Tu conheces o meu coração, Tu sabes que eu estou pronto para ir ao campo missionário sozinho, mas se o Senhor quiser mandar uma missionária comigo, por favor, mande-a"
Nem precisa dizer que o Senhor ouviu as orações não é mesmo?  Assim, o autor aconselha:
"Jovem, você não precisa ter medo da vontade de Deus porque ela é boa, agradável, e mais do que tudo, perfeita. Então, descanse n'Ele. Deus jamais o abandonará nesta, ou em qualquer outra área da sua vida. Ele sabe quais são os desejos do seu coração e irá satisfazê-los dentro do Seu plano perfeito."
Por fim, o autor termina o capítulo com uma oração recomendada a todos que reconhecem que precisam entregar o namoro nas mãos de Deus:


"Querido Pai, eu confesso que é tão difícil entregar o meu 
namoro em Tuas mãos. E tão difícil acreditar que Tu estás 
mais interessado com quem eu vou me casar do que eu
mesmo. E além disto Senhor, Satanás sempre cochicha ao 
meu ouvido, que Tu não és bom, que Tu queres me castigar e 
tirar toda minha alegria. Senhor, eu reconheço que a Tua 
Palavra é verdadeira quando promete: 'Agrada-te do Senhor, 
e ele satisfará aos desejos do teu coração' .
Senhor, mais uma vez eu ponho meu namoro no Teu altar 
como um sacrifício vivo, santo e agradável. Jesus, aceita o 
meu sacrifício e quando eu esquecer a minha entrega, 
lembra-me de novo e me dá coragem para confiar que Tu não
darás 'mancada' comigo. No nome do meu fiel Salvador. "
Amém





Portanto, neste capítulos aprendemos que o Senhor nem sempre faz a nossa vontade justamente porque o que tem para nós é algo melhor e mais comum com nós mesmos, o Senhor sabe quem é a melhor pessoa para nos casarmos, ele está preocupado com isso e nós devemos entregar nossos caminhos e confiar! Deus é bom em todo o tempo. O fim do namoro do Kemp, foi o início da vontade do Senhor.



Foto sem maquiagem e texto fantástico de Marcela Thais

Tenho percebido uma tendência em fotos sem maquiagens de meninas cristãs, o que muitas meninas não sabem é que essa tal "Moda" surgiu  a partir da Marcela Thais  que no dia 12 de agosto postou uma foto sem maquiagem, na sua página oficial do facebook: 








O que muitas meninas não sabem é que junto com a foto, ela postou um texto que vale a pena ser lido e registrado:


"Certas coisas não ensinam para a gente e uma delas é envelhecer. Fiz um acordo comigo quando era adolescente: Pegaria leve e tentaria ao máximo me aceitar. Decidi então estudar os benefícios disso e acabei descobrindo uma atração pelos aprendizados difíceis, descobri que o tempo vai tirando de fora mas vai acrescentando dentro (quando a gente permite, claro), é a tal maturidade, mas, infelizmente nem todos celebram este fenômeno bonito porque gostamos muito da imagem... Em seguida, aprendi perder! Sim, perder. É natural da gente querer ganhar o tempo todo, contar vitórias, mas às vezes perder é uma benção! (Ou um livramento) Perder é uma das minhas fórmulas pessoais mais especiais para a felicidade. Aceitar que a vida não é obrigada a fazer meus gostos me ajuda ser uma pessoa mais serena diante dos meus anseios e birras para com ela. Tenho aprendido que quando, embora queira muito algo, mas este algo não é pra mim, não é certo ou não é meu, eu me desprendo cada vez mais rápido e otimista, aceito perder, porque esta perca se torna para mim um ponto final, e eu amo pontos finais! Afinal, histórias novas só acontecem após um ponto final, certo? A gente tem que confiar mais em Deus e saber que Ele tem pensamentos melhores que os nossos e que todos estes pensamentos Dele são de paz e não de guerra para nos dar o bem que precisamos, o que precisamos! Praticar isso tem me feito mais leve, afinal, a gente descobre o prazer que é levar só o necessário. Deixe os pesos, deixe os medos, vire a página, deixe as mágoas, deixe-se ser consolado mais rápido por Deus, perdoe, releve, deixe que a tristeza seja breve, todo este fardo pesado entregue, chega de tentar consertar o que deve partir, você vai gostar disso, seja leve. "




Sejamos leve!



terça-feira, 26 de agosto de 2014

Descansarei



E enquanto o Senhor preparou o futuro de Adão, ele apenas dormiu. Descansar é deixar que Deus faça o que não podemos fazer, façamos a nossa parte e deixemos espaço para a parte que não nos cabe fazer!

segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Namoro, noivado, casamento e ...: visão cristã









Postei o texto abaixo no blog Menina, Mulher, Cristã







Olá princesas, há algum tempo que estou buscando aprofundar na leitura de um livro sobre relacionamentos, mas devido as várias atividades adiei essa leitura, porém hoje, venho anunciar que nas próximas semanas estarei lendo e postando sobre capítulos do livro Eu amo você. O livro foi escrito por Jaime Kamp e está disponível neste link dessa vez não postarei a resenha do livro, mas sim resenhas dos capítulos do livro.Antes de falamos do livro, vamos falar do autor:


"Jaime Kemp é norte americano. Proveniente da Califórnia, formou-se no Western Seminary - Portland, Oregon, e na Universidade Biola – Califórnia, onde também recebeu o doutorado em “Ministério da Família”.Em setembro de 1965 casou-se com Judith. Um ano e meio depois, em 1967, vieram para o Brasil como missionários. Iniciaram um grande trabalho de orientação à juventude brasileira, fundando a missão “VENCEDORES POR CRISTO”. A cada período de férias eram formados diferentes grupos de jovens, de diversas igrejas evangélicas, que cantavam e testemunhavam de sua fé. Eles recebiam, ao mesmo tempo, treinamento musical e estudos bíblicos. Regressando a suas igrejas estavam, então, preparados para servir de forma mais eficaz. Jaime e Judith têm três filhas, Melinda, Marcia e Annie, dois netos e uma neta, James Paul, Skyler e Keyla Grace." (Fonte: file:///C:/Users/User/Downloads/Eu%20Amo%20Voc%C3%AA%20-%20Jaime%20Kemp.pdf)



O livro em questão contém 11 capítulos e são:




1. Era uma vez... 
2. Que sociedade...? Que harmonia...? Que união...? 
3. Namoro a três! 
4. Sexo...por que esperar até o casamento?  
3. O que os pais têm a ver com o meu namoro? 
6. Sexo do ponto de vista de Deus 
7. O que fazer com os impulsos sexuais? 
5. Amor ou paixão? 
9. "Lua-de-mel" ou "lua-de-fel" 
10. Masturbação: pecado ou não? 
11. Homossexualismo e Lesbianismo



No prefácio do livro,Guilherme Kerr Neto relata que o livro nasceu no Brasil embora seu escritor seja norte americano, em seguida ele diz    Mas, este livro foi mesmo iniciado quando  Deus principiou a escrever a história de um moço que, aos  dezoito anos, com padrões de conduta moral e namoro totalmente desvirtuados, foi alcançado pela misericórdia de  um Deus amoroso e pessoal. E esse Deus, com tão grande amor, foi transformando a  mente, o coração, as atitudes c os propósitos deste jovem aponto de fazê-lo "Embaixador de Cristo" a outros povos  (cargo mais honroso que alguém pode jamais aspirar). Fez  dele, um moço consagrado, um marido fiel, um pai amoroso e sensível. Por isso é fácil perceber que este livro começou no coração de Deus. Foi Ele quem chamou o Jaime. Foi Ele  quem o deu (pelo menos por um tempo) ao ministério no Brasil. Foi Ele quem transformou o Jaime e tem transformado tantos outros, através das palestras que hoje se transformam  neste livro, para seu proveito, amado leitor, e para a glória de 
Deus"


Minha oração é que através desse livro possamos nos aperfeiçoar na busca do querer e efetuar da vontade do Senhor. Em breve vamos ao primeiro capítulo do livro, até!"





Um texto poético: eu não sou você


Um texto poético é sempre bem vindo:








Eu NÃO SOU VOCÊ VOCÊ NÃO É EU

"Eu não sou você

Você não é eu

Mas sei muito de mim

Vivendo com você.

E você, sabe muito de você vivendo comigo?

Eu não sou você

Você não é eu.

Mas encontrei comigo e me vi

Enquanto olhava pra você

Na sua, minha, insegurança

Na sua, minha, desconfiança

Na sua, minha, competição

Na sua, minha, birra birra infantil

Na sua, minha, omissão

Na sua, minha, firmeza

Na sua, minha, impaciência

Na sua, minha, prepotência

Na sua, minha, fragilidade doce

Na sua, minha, mudez aterrorizada

E você se encontrou e se viu, enquanto olhava pra mim?

Eu não sou você

Você não é eu.

Mas foi vivendo minha solidão que conversei

Com você, e você conversou comigo na sua solidão

Ou fugiu dela, de mim e de você?

Eu não sou você

Você não é eu

Mas sou mais eu, quando consigo

Lhe ver, porque você me reflete

No que eu ainda sou

No que já sou e

No que quero vir a ser…

Eu não sou você

Você não é eu

Mas somos um grupo, enquanto

Somos capazes de, diferenciadamente,

Eu ser eu, vivendo com você e

Você ser você, vivendo comigo."

Talvez o amor seja isso.../ Formas de amar: aprendendo com crianças 35



Recebi hoje de uma aluna uma garrafa decorada para se colocar flores...E então iniciei um pensamento sobre flores e vaso:


Talvez o amor seja isso, um vaso todo enfeitado, florido, mas vazio em que cabe a você enchê-lo. 
O vaso está pronto, porém vazio, você aceita encher?
Todo dia é um enche e esvazia, a cada novo sol é uma nova decisão...
Basta decidir, quer encher? O vaso de quem?
Há vasos que podemos e devemos encher todo dia, 
porém há aqueles em que enchemos semanalmente, mensalmente...
Escolha o vaso e saiba qual o tempo necessário...
Você aceita encher?

domingo, 24 de agosto de 2014

Cheios de graça os desenhos da Malena Flores


Conhecem a Malena Flores? Seus desenhos são "cheios de graça", como diria Vínicius ao falar sobre a garota da praia e Mário Quintana ao relatar sobre a cidade pequena, além de serem cheios de graça, Malena costuma trazer mensagens baseadas nos princípios bíblicos. Abaixo, três dessas imagens:























Deserto? Adiante Deus põe rios


Postei no blog Menina, Mulher Cristã


"Não vos lembreis das coisas passadas nem considereis as antigas. Eis que faço uma coisa  nova, que está saindo à luz; porventura não o percebereis? Eis que porei um caminho no deserto e rios, no ermo." (Isaías 43:18-19)



Olá princesas, hoje serei breve, ao reler o versículo acima, o Senhor trouxe a minha memória o dia exato em que esse versículo foi guardado em meu coração, no dia 31 de dezembro de 2013. Era um momento em que nada dava certo, havia sequidão, nada frutificava, foi então que o Senhor me disse para não me lembrar das coisas passadas, pois ele estava fazendo nova todas as coisas, hoje ao procurar o significado de ermo me deparo com o seguinte:



"Ermo significa deserto, desabitado, solitário, despovoado; e vem do grego "éremos".  (Fonte: http://www.significados.com.br/lugar-ermo/)



Logo, se inseríssemos o significado acima no versículo poderíamos dizer que: "Eis que faço uma coisa nova, que está saindo à luz...Eis que porei um caminho do deserto e rios no deserto solitário."

O Senhor me alertava que haveria frescor, descanso e refrigério em meio ao calor, a dificuldade, a solidão. Desde esse dia, a partir do dia 31 do ano passado, o Senhor tem me mostrado a verdade desse versículo e as maravilhas de poder desfrutar dos seus caminhos e dos seus rios que foram colocados em meio ao deserto em todas as áreas da minha vida! Deus é bom em todo tempo, os desertos servem para que adiante o Senhor coloque rios.

Princesas, o que eu quero hoje, é que vocês compreendam que não importa o que estão passando, o nosso Deus tem todo poder de colocar um novo caminho na sua situação, as tribulações são leves e momentâneas. Permaneça, persista e verás!





quinta-feira, 21 de agosto de 2014

Formas de amar: aprendendo com crianças: 34


O formas de hoje traz em si algumas semanas, as crianças tem demonstrações diárias e como não consigo postar todas, seleciono algumas






Cartão




Desenhos diversos



Carta


 Música criada pela  criança




Coração com divisão,

terça-feira, 19 de agosto de 2014

Ela toda poesia...



Ela toda poesia vestida de poema, 
na verdade não lia poemas, 
mas era lida por eles!
Ela toda poesia,  vestia-se de versos 
para dizer o que não podia ser dito em alto tom
Ela toda poesia, sonhava na vida
Ela toda poesia, 
vivia a vida sonhada!




Quando descobrimos que amamos mais?




 


Não é no primeiro dia de cada mês, ou no aniversário que descobrimos que amamos mais alguém! É claro que pode haver coincidências e essas descobertas ocorrerem nas mesmas datas, mas comumente é em um dia imprevisto, em um dia qualquer como quando você está na frente da sua casa e olha fixamente pra pessoa e descobre que a decisão de amá-la já virou ação, ou em um domingo após um culto em que vocês estão comendo e de repente olha pro lado e percebe que o outro está mais lindo e mais agradável do que costuma ser...





Amar é uma ação  casual, constante e não estática!









Amar é buscar fazer a ponte, afinal, como me ensinou uma criança de sete anos, amar é querer estar perto.


Mudanças que refletem no blog


Após um ano e três meses, resolvi transformar o plano de fundo do blog, a mudança ocorreu de uma maneira curiosa.






Antes, havia  a imagem acima, com menção ao versículo Fp. 3: 14 "prossigo para o alvo ...", no versículo anterior tem-se "...esquecendo-me das coisas que para trás de mim e avançando para as que diante de mim estão.".  A imagem permaneceu por tanto tempo, devido ao versículo, ao coração no céu, ao azul da imagem, a menção da importância de se buscar o alvo "o amor do Senhor".
Até que em um domingo mergulhada no azul e no verde criado pelo Senhor, resolvi fotografar o céu e quando fui descarregar as imagens percebi que em uma das imagens havia um formato das nuvens que lembrava um coração:








E então ao olhar para essa imagem eu refleti que o versículo da outra imagem não fazia mais tanto sentido como antes, é como se aquele momento de esquecendo, de gerúndio, se transformasse em um momento de "ESQUECI" . Assim, não havia mais sentido em permanecer com a outra imagem, já que fui presenteada com essa imagem que agora, é real, um coração no céu!


Supere


sexta-feira, 15 de agosto de 2014

Poema: o azul e o verde






Paraná 2014




O azul e o verde


Tão só distante, 
sozinha é a ligação entre o verde e o azul
entre o chão e o alto
entre o mato e o vento


Tão só distante
sozinha parece que foi criada para completar a cena 
completar o mato e o ar
completar o branco e verde


Tão só..
ela não está só
tão só aparentemente
sem só, ela está com o chão e o alto, 
com o mato e o vento, com o ar,  com o azul e o verde






Às vezes para sermos a ligação entre o verde e o azul, entre o chão e Deus, precisamos ficar "Tão só distante"

Fotografias sobre :admiração do verde e azul criado pelo Senhor


Domingo foi o dia de homenagear os pais, o engraçado é que nessa data a grande massa posta fotos nas redes sociais com os pais e se declararem, sendo que muitas vezes os pais nem visualizam as declarações, é como se estivéssemos caminhando  para uma vida de aparências e de falta de essência.
No meu dia dos pais, meu pai escolheu passar com o pai dele, como ele não tem facebook, não teve como as pessoas visualizarem que ele saiu de manhã bem cedo e viajou até o sítio do meu avô no Paraná para que pudesse passar o dia com o pai dele. Quero esclarecer que não vejo problemas em declarações, mas elas devem ser verdadeiras, muitas vezes uma ação vale mais que muitas declarações, como a ação do meu pai. 
Minha família e eu acompanhamos meu pai na ida ao sítio, assim, passamos o dia  nesse local que conheço desde a minha infância, entretanto essa viagem me trouxe algo de diferente, despertou em mim a beleza da criação do Senhor. Eu sempre admirei as criações do Senhor, mas ultimamente era como se eu estivesse me esquecido de como o que o Senhor faz é lindo, porém no caminho o céu azul separado pelo verde trouxe uma bonita imagem de se admirar, assim, resolvi afinar o olhar e fotografar  (SINGELAMENTE) determinados locais, objetos e pessoas, compartilho com vocês esse olhar despertado pela admiração do verde e azul criado pelo Senhor.





Verde e azul




Um coração azul





Azul e branco





O azul e o rio




Azul e verde


















Azul, verde e humano



Verde, humano e marrom


Azul, verde, humano e marrom






Avô e pai e marrom



Azul, verde e marrom






































Verde