Pesquisar neste blog

quinta-feira, 24 de outubro de 2013

Mulher única e de Deus

O texto abaixo, eu postei no blog Menina Mulher Cristã"
"pensei em vários livros para tratar no post de hoje, mas acabei optando por um que está povoando meus pensamentos, vocês já pararam para pensar na singularidade da mulher? Tenho pensado nesse tema atualmente, principalmente porque tenho lido um livro que trata desse e de outros assuntos relacionados ao universo de edificação da mulher.O livro intitula-se Mulher Única, foi escrito por Edwin Louis Cole e sua esposa Nancy Corbett Cole, esse livro é composto de 12 capítulos:                              
                                               
 1.   “A singularidade da mulher

2.      Uma mulher de Deus

3.      Aproveite a oportunidade

4.      Submissão: plano de Deus

5.      A verdade sobre o perdão 

6.      O poder do sexo

7.      Mitos sobre o casamento

8.      A “crise da fusão”

9.      Auxiliadora ou obstáculo?

10.  Esposas sábias e maridos empedernidos

11.  Não morra em casa

12.  Uma mulher madura”



        Para cada capítulo há textos do Edwin e da Nancy, além disso, eles trazem exemplos, testemunhos e relatos de vivências sobre o tema tratado. O livro é recomendando para mulheres solteiras ou casadas, tendo temas específicos para as duas. Todo o livro é bem interessante e confesso que tem contribuído para eu buscar mudanças nessas áreas da minha vida.  Um capítulo que gostei muito foi:  “Mitos sobre o casamento”, em que é relatado que o felizes para sempre e o príncipe encantado não existem, assim, é importante que se enxergue o real e não fantasie e crie expectativas que não serão reais. O não real pode dar espaço para os mitos do casamento:



1)      “Ainda tenho algumas dúvidas, mas no fim vai dar certo”

2)      “Eu posso mudá-lo depois que nos casarmos”

3)      “Eu não preciso completar os estudos, pois ficaremos casados para sempre e ele irá me sustentar”

4)      “Os homens são mais inteligentes que as mulheres”

5)      “Minha meta mais importante é me apaixonar e me casar



É importante lembrar sempre que quem muda e converte é o Espírito Santo, é ilusório acreditar que podemos de fato mudar o cônjuge.
As solteiras devem avaliar o futuro marido com critérios baseados na orientação do Senhor:


“[...] para as mulheres, o problema são os critérios pelos quais elas avaliam um homem. Um mau-caráter não é necessariamente aquele cavaleiro que aparece usando uma armadura enferrujada. Contudo, o homem aparentemente menos promissor pode acabar se tornando um gigante espiritual, desde que tenha um coração voltado para Deus. O jovem mais pobre pode se tornar um ‘rei’. A confirmação de que você precisa é a orientação de Deus quanto a se casar ou não com determinado homem.” (p. 139)

   O Senhor é aquele que conhece o coração, que como jeremias nos alertou “é enganoso”. Mas como encontrar o homem certo?


 “As solteiras querem encontrar o ‘homem certo’, mas a maioria não percebe que jamais encontrará o homem ‘certo’ enquanto estiver procurando nos ‘lugares errados’.  Hoje vivemos em um mundo de fraldas descartáveis lâminas descartáveis e mulheres descartáveis [...] A conveniência tem mais valor que o compromisso.” (p. 9)

  Outro ponto importante é que devemos buscar a plena felicidade  no Senhor, pois “Se você não é feliz solteira, não será feliz estando casada.” (p. 144)



  Enfim princesas, recomendo esse livro que com certeza será benção em sua vida, ele está disponível em vários sites, um livro que nos ensina a como ser um mulher única e de Deus sabendo que nossa dignidade

“... jamais pode ser avaliada pelos sentimentos de um homem ou pela aprovação da sociedade, mas pelo próprio caráter da mulher avaliado à luz da palavra de Deus.” (p. 10)"

Nenhum comentário:

Postar um comentário