Pesquisar neste blog

sexta-feira, 31 de maio de 2013

Impaciência não combina com espera







No livro, Eu disse Adeus ao namoro, Joshua Harris, escreve o seguinte trecho:

 

“COMO IMPEDIR QUE A IMPACIÊNCIA LHE ROUBE O PRESENTE DE ESTAR SOLTEIRO


Em O Livro das Virtudes, William J. Bennett conta a estória chamada “O Fio Mágico.” Neste conto francês nós lemos sobre Pedro, um menino que é forte e capaz mas é atrapalhado pela sua falta de paciência. Sempre insatisfeito com a sua condição do momento, Pedro passa a vida sonhando acordado com o futuro.
Um dia enquanto passeava pela floresta, Pedro se encontra com uma estranha velhinha que lhe dá a mais tentadora oportunidade - a chance de saltar os momentos da vida que sejam entediantes e rotineiros. Ela entrega a Pedro uma bola se prata da qual sai um pequeno fio de ouro. ‘Este é o fio da sua vida’, ela explica. ‘Se você não encostar nele a sua vida passa normalmente. Mas se você desejar que o tempo passe mais rapidamente, você tem que apenas puxar o fio um pouquinho e uma hora passará como um segundo. Mas aten­ção, uma vez que o fio tenha sido puxado para fora, ele não pode ser colocado para dentro novamente.’
Este fio mágico parece ser a resposta para todos os problemas de Pedro. É tudo o que ele sempre quis. Ele pega a bola e corre para casa.
No dia seguinte Pedro tem a primeira oportunidade de colocar a bola de prata em funcionamento. A aula está arras­tada e a professora repreende a Pedro pois ele não está se con­centrando. Pedro pega a bola de prata e dá uma pequena pu­xada no fio. De repente a professora despensa a turma e Pedro está livre para sair da escola. Ele fica exultante. Como a vida vai ser fácil de agora em diante. A partir deste momento, Pedro começa a puxar o fio um pouco a cada dia.
Mas logo Pedro começa a usar o fio mágico para apressar porções mais largas da vida. Porque perder tempo puxando o fio somente um pouco quando ele pode puxar mais forte e com­pletar a escola toda de uma vez? Ele assim o faz e se encontra fora da escola como um aprendiz em uma profissão. Pedro usa a mesma técnica para apressar o seu noivado com a amada. Ele não consegue esperar meses para se casar com ela, então usa o fio de ouro para adiantar a chegada do dia do seu casamento.
Pedro continua neste padrão por toda a vida. Quando chegam tempos difíceis e de tribulação, ele escapa deles com o seu fio mágico. Quando o neném chora à noite, quando enfren­ta dificuldades financeiras, quando deseja ver os filhos encami­nhado em suas próprias carreiras profissionais, Pedro puxa o fio mágico e passa ao largo do desconforto do momento.
Mas infelizmente, quando chega ao fim da sua vida, Pedro se dá conta do vazio da sua existência. Ao permitir que a impa­ciência e o descontentamento o dirigissem, Pedro roubou de si mesmo os momentos mais ricos e as memórias da vida. Tendo apenas a sepultura à sua frente, ele se arrepende profundamen­te de ter usado o fio mágico.
Ao apresentar esta estória, Sr. Bennett comenta, com muito discernimento: ‘Com grande freqüência, as pessoas que­rem aquilo que querem (ou o que elas pensam que querem, o que normalmente é ‘felicidade’ de uma forma ou outra) neste exato momento. A ironia da sua impaciência é que, apenas ao aprender a esperar e ao possuir uma disposição de aceitar coi­sas ruins juntamente com as boas, alcançamos aquilo que real­mente tem valor.” (HARRIS, p. 48-49)


Amém! Aprenda a  esperar; a árvore para frutificar precisa crescer. Espere pacientemente.








Fonte:
HARRIS, Joshua. Eu disse Adeus ao namoro. Editora Atos, [S.d].





Tudo que eu tenho é teu!






Você é capaz de fazer a oração acima?


"Minha vida

Pensamentos

Sentimentos

Se derramam diante de ti"

Amém Senhor, eu renuncio as minhas vontades, sentimentos e os derramo diante do Senhor


"Amado meu

Desejado da minha'lma

Amado meu

Corro para os braços teus
Amado meu"

O senhor nos amou primeiro, amo-te e corro para o melhor lugar, para os braços teus


"Meus valores
Conquistas

Anseios

Se derramam diante de ti"

Minhas conquista também se derramam diante de ti

"Tudo o que eu tenho é teu

Tudo o que sou entrego a ti"

Tudo meu é para honra e glória do seu nome, e por isso tudo eu entrego a ti, tudo o que sou e tudo o que tenho é teu! 


Escolha esperar

           
“Espera no SENHOR, anima-te, e ele fortalecerá o teu coração; espera, pois, no SENHOR. (Salmos 27:14)”




     Há algum tempo o Senhor me mostrou que o desejo dele é que eu escolhesse esperar, essa escolha não foi fácil (qualquer dia postarei sobre isso), mas o Senhor cuidou de cada detalhe de uma forma linda e perfeita.
O casal Ludy e Eric, foram pessoas que também escolheram esperar pelo melhor de Deus no relacionamento, eles viveram o sobrenatural de Deus nessa escolha e  escreveram o livro Sua perfeita fidelidade e Romance à maneira de Deus, em que Ludy descreve como foi essa decisão para ela:

 “Quando Deus co­meçou a trabalhar em meu coração e a ganhar o controle dessa área da minha vida, Ele me mostrou que eu não deveria abaixar os meus padrões relacionados aos homens e pular, desesperadamente, de um relacionamento para o outro para encontrar o ‘cavalei­ro’. Ao contrário, eu deveria esperar que Ele trouxesse esse ho­mem a minha vida - crendo que Ele realmente iria trazer alguém por quem realmente valesse a pena esperar.  Percebi que eu não queria apenas um ‘príncipe encantado’, queria um homem que tivesse o caráter de Jesus Cristo! Pense nisso! Por que os          ‘cavaleiros de armadura brilhante’ nos atraem tanto? Porque eles têm as mesmas características que Jesus tem -são amorosos, bondosos, cavalheiros, sensíveis, corajosos, nobres... e a lista não tem fim. E Jesus é o Perfeito Cavalheiro. Ele sabe, como ninguém, tratar uma mulher. Por isso, em vez de procurar por um ‘príncipe encantado’, comecei a procurar alguém que tivesse o ‘caráter de Cristo’. (ERIC; LUDY, 1999,  p. 128)
           
Realmente, Deus trará aquele a quem vale a pena esperar, alguém com caráter de Jesus Cristo, “amoroso, bondoso, cavalheiro, sensível, corajoso, nobre...”. Não me lembro onde, mas uma vez eu li que alguém só será fiel a você se for fiel a Deus, espere por alguém que ame a Deus acima de todas as coisas e tenha com ele um relacionamento em três, isso mesmo, você, ele e o Senhor.
Enquanto espera torne-se também o que o deseja encontrar, alguém com caráter de Jesus, amorosa, bondosa, terna, sensível, corajosa, nobre, submissa....e em todo tempo busque a pureza, pois:

“[...] quando Deus une duas pessoas que se guardaram em absoluta pureza, o resultado é um casamento belo e forte que resultará em uma família bela e forte que resultará em um povo que faça mudanças neste mundo em nome de Cristo.” (ERIC; LUDY, 1999, p.127- 128).

            A palavra do Senhor nos diz que “[...] quer comais quer bebais, ou façais outra coisa, fazei tudo para glória de Deus.” (1 Cor. 10:31), inclusive o seu casamento, porém é importante considerar que:

“Satanás tem trabalhado como louco para fazer com que você jogue fora tanto o seu tesouro interior como o exterior. Ele fará o que puder para você abaixar os seus padrões e desistir de esperar pela pessoa    ‘especial’. É por isso que você precisa saber de que lado está. (ERIC; LUDY, 1999, p.129)

      Quando decidi esperar, apareceram pessoas com as qualidades que mais admiro, satanás ofecereu seu “banquete” para mim, realmente ele se empenhou em tentar fazer com que eu desistisse de esperar, mas o Senhor me alertou e abriu os meus olhos para que eu percebesse que não era benção.
           
“[...] o inimigo do MELHOR é o BOM! É claro que o cara que você tem paquerado pode ser bem legal. Pode até ser que ele seja cristão. Pode ser que vocês formem um casal perfeito e que ele possua o sobrenome que você adoraria ter, mas não se esqueça de fazer a pergunta chave: Ele é o MELHOR de Deus para a minha vida?” (ERIC; LUDY, 1999, p. 131).
           
Tudo o que me foi oferecido era “bom” aos meus olhos, mas não era o melhor de Deus, o Senhor tem preparado o melhor para a nossa vida, espere por isso e não troque por momentos que são só momentâneos (bem reduntante rs).
            Ore ao Senhor:

Senhor, não quero aceitar nada que seja inferior ao Teu melhor. Por favor, ajuda-me a ficar firme, nunca me desviar para a esquerda nem para a direita. Ajuda-me a ficar firme no Senhor. Ajuda-me a guardar o meu coração dos homens que possam tentar roubar o meu tesouro, Guarda-me na pureza para o meu futuro marido. Ajuda-me a esperar pelo meu príncipe de armadura brilhante, o Teu melhor para mim. Senhor, até que me tragas este homem, não me deixes ser enganada por ninguém. Mantenha os meus olhos em Ti. Mantenha os meus padrões bem elevados.” (ERIC; LUDY, 1999, p. 137).

            E se eu não escolher esperar?
Por outro lado, se continuarmos construindo relacionamentos sobre a areia, sem a estrutura sólida de Cristo, como podere­mos esperar por casamentos fortes, famílias fortes ou indivíduos fortes que poderão mudar este mundo?” (ERIC; LUDY, 1999, p. 140)
           
Qual a sua escolha?
“Será que, a partir deste momento, você está disposto a se guardar para a pessoa especial? É uma escolha diária. Não será fácil, mas você pode ter certeza de que Jesus está sempre bem aí do seu lado, torcendo por você e encorajando-o em cada passo de seu caminho.” (ERIC; LUDY, 1999, p. 140).

            Eu escolhi esperar e todos os dias renuncio a minha vontade, essa decisão foi a mais sábia que eu podia realizar e eu sinto diariamente o Senhor ao meu lado, encorajando-me e ajudando-me a prosseguir.

         
   Coloque a sua história nas mãos de Deus, ele é um perfeito roteirista e começará a escrever seu romance, quando você  escolher esperar! 


Fonte:
ERIC; LUDY, Leslie. Romance à maneira de Deus. [S.l]: Bless Gráfica e Editora, 1999.

quinta-feira, 30 de maio de 2013

Receba


Acabo de terminar de ler o livro Romance à maneira de Deus, esse livro termina com um texto, que pode ser a expressão de  muitos que em algum momento não esperaram a vontade do Senhor e se frustaram:




Alvo como a neve
Leslie Ludy

"Sozinho e confuso, o seu coração queima com o pecado.
A sua alegria o deixou pelo erro de seu coração,
Tentando começar novamente.

Sei que está machucado e não sabe em quem confiar.
Não finjo que não vejo a sua dor,
Mas posso ver o arrependimento em seus olhos
e sei que não é tarde demais
Eu  escuto o Senhor chamando o seu nome...

Alvo como a neve, Ele o tem feito alvo como a neve.
No momento em que você confessou, o Seu coração o perdoou.
Você pode achar que estragou todos os planos que Ele tinha para a sua vida,
Mas, por essa mesma razão, Jesus salva.
Alvo como a neve, Ele o fez alvo como a neve,
Puro e inocente como uma pomba.
Mesmo que não tenha feito nada para merecer o Seu perdão,
Você foi purificado pelo sangue de Jesus,
Alvo como a neve.

A culpa e a vergonha, mantendo-o escravizado,
Não permitem a sua libertação
Não é como sonhou, não é como planejou.
Você pode ver, ainda há esperança.
Receba a cura para as feridas;
Receba Suas riquezas no lugar dos farrapos.
Você não pode imaginar todos os planos que Ele tem para você,
Então, tome a Sua mão e não olhe para trás..."
(ERIC; LUDY, 1999, p. 146)


            Segure nas mãos do seu Deus e prossiga olhando para o alvo, o que ficou não é melhor do que aquilo que virá, pois o que virá é parte do plano de Deus, é perfeito, bom e agradável!

 Fonte:
 ERIC; LUDY, Leslie. Romance à maneira de Deus. [S.l]: Bless Gráfica e Editora, 1999.

quarta-feira, 29 de maio de 2013

As águas teimam em escorrer e agora?

As águas teimam em escorrer- por Aline Novaes


A foto acima, eu fiz há alguns meses e naquele momento, ela representou exatamente o que eu estava sentindo, havia águas por todos os lados que teimavam em escorrer e elas não escorriam apenas do céu não....


As águas teimam em escorrer e agora?

Há momentos na vida em que as águas teimam em escorrer, você não poderá impedir. Sentirá um pesar, mas justo hoje? Justo nesse momento? Não estava preparada para enfrentar essa "chuva", como enxugar essas águas?
No fundo você sabe que elas são necessárias, você sente que elas te desconcertam, por horas causam dor, mas você sabe que sem elas não haverá colheitas, então você suspira para você mesma: "menina, ela será breve, essas águas regarão o fruto que você colherá". Por mais que saiba que as águas são passageiras,  às vezes parece que elas não acabarão, então elas aumentam, há relâmpagos também e você se conforma que não passará por elas sem se molhar. 
Em meio a isso, você resolve aceitar as águas, não sem tristeza, não sem dor, você aceita as formas que elas saem, "querem sair alto?, podem sair"...de repente você coloca sons juntos com as águas.... você se encolhe, deita e  então se lembra que a bíblia diz que o choro dura uma noite mas a alegria vem pela manhã, você se lembra que o Senhor demorou três dias para ressuscitar que nesse período provavelmente houve choros das pessoas que o amavam.....
Então, você ora baixinho, com o rosto todo molhado e os olhos vermelhos e inchados, "Senhor, eu sei que isso é momentâneo, mas me ajude, eu confio em ti...ajuda-me Senhor a passar por esse mal tempo." Com isso, sente-se abraçada por Deus de uma maneira tão terna....que logo adormece...lo..go...esquece...es...que...ce...aquela dor...aquela tristeza...e aquelas lágrimas, ops aquelas águas que teimavam em cair transformam-se em celebração, em júbilo ao Rei dos Reis, que com sua fidelidade, demonstrou novamente que ele cuida de vós e as águas que teimaram em escorrer foram passageiras e serviram para regar frutos eternos e então você se lembra do que o Senhor fez e suspira: "grandes coisas fez o Senhor", enfim estou ALEGRE!




A minha porção é o Senhor



“A minha porção é o SENHOR, diz a minha alma; portanto esperarei nele.” (Lamentações 3:24)



Como já escrevi em posts anteriores, estou em um tempo de travessia, de busca pelas bênçãos do Senhor. Nesse processo, algumas ações ocorreram tentando atrapalhar a minha fé, em uma delas, as circunstâncias tentaram me levar a pensar que não seria possível, mas o  Senhor logo soprou em meu ouvido:



“As misericórdias do SENHOR são a causa de não sermos consumidos, porque as suas misericórdias não têm fim; novas são cada manhã; grande é a tua fidelidade. A minha porção é o SENHOR, diz a minha alma; portanto esperarei nele. Bom é o SENHOR para os que esperam por ele, para a alma que o busca. (Lamentações 3:22-25)



            Nesses versículos, inicialmente o Senhor é adjetivado como misericordioso e fiel, ao ponto de renovar as suas misericórdias todos os dias, em seguida, Jeremias, afirma que ele tem o Senhor e por isso ele espera nele, e prossegue com uma promessa aos que escolhem esperar no Senhor. É como se dissesse: vale a pena esperar no Senhor, ele é misericordioso e fiel e para os que esperam nele, ele também é bondoso.
            Em quem está a sua porção? Em homens? A minha está no Senhor, portanto é nele que eu espero e por isso, não importa o entorno, não importa as circunstâncias, não importa o que disseram, pois quando Deus age ninguém impede (Isaías 43:13).
           
Quer experimentar a bondade de Deus? Espere nele!  






segunda-feira, 27 de maio de 2013

Tempo de festa


"E este dia vos será por memória, e celebrá-lo-eis por festa ao SENHOR; nas vossas gerações [...]" (Êxodo 12:14)


         Após falar ao meu coração sobre a importância de não andar ansiosa e sobre a importância de ter fé, o Senhor tem falado sobre a sua fidelidade. Segundo o dicionário Michaelis, a qualidade de ser fiel, está relacionado a cumprir o que promete, ser constante e confiável. Ele é fiel, muito além do que podemos imaginar ou conceituar, nele podemos confiar, descanse e confie na fidelidade do Senhor e verá grandes coisas feitas por ele.

         Descobrir e vivenciar a fidelidade do Senhor, tem me levado a um tempo de "festa" para celebrar aquele que  me amou primeiro, pois ele transformou meu choro em riso, deu novas vestes de louvor, arrancou todas as feridas, deu-meu perdão e paz e me fez feliz demais.




Este é um tempo de festa

Este é um tempo de louvor

Pra celebrar aquele que primeiro nos amou

Transformou nosso choro em riso

Nos deu novas vestes de louvor

Prá celebrar aquele que primeiro nos amou
Nos tirou do império das trevas
E nos deu perdão e paz

Arrancou todas as feridas

Nos fez felizes demais
Festa, alegria

É uma dança de celebração

Ao único digno

Jesus, seu nome é Jesus

Festa, alegria

É um povo que se reúne aqui

Diante do trono do Rei

Do Rei dos reis

Seu nome é Jesus 
[...]"



Aleeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeluia, glória a Deus!


Amor de aliança X amor do mundo

Continuando o post anterior....


No post anterior mencionei os três tipo de amor relatado no livro  Romance à maneira de Deus, após falar sobre esses tipos de amor, Eric e Leslie (1999), falam que devemos amar nosso cônjuge com o amor de aliança, que é amar o cônjuge com o amor ágape.




Como explicado no post anterior o amor ágape é sólido, está baseado em uma decisão e permanece, porém a versão do amor do mundo é outra, assim entre o amor de aliança e o amor na versão do mundo, há enormes diferenças, Eric e Leslie, mencionam 4 que serão citadas a seguir:


"1. O amor do mundo diz 'APRESSE ', enquanto o amor de aliança está disposto a ESPERAR pelo MELHOR de Deus.

2. A versão de amor do mundo valoriza apenas o EXTERIOR, enquanto o amor de aliança valoriza muito mais o INTERIOR.

3. A versão de amor do mundo é EGOÍSTA. Está sempre perguntando "O que é melhor para MIM?" Enquanto o amor de aliança pergunta "Como posso servir o outro?"

4. O mundo considera o amor algo TEMPORÁRIO; o amor de aliança é PERPÉTUO." (extraído do livro Romance à maneira de Deus)

Escolha amar com o amor ágape e viver um amor de aliança, fuja do momentâneo, fuja do amor na versão do mundo, busque aquilo que será para  a vida toda.




Fonte:
 ERIC; LUDY, Leslie. Romance à maneira de Deus. [S.l]: Bless Gráfica e Editora, 1999.

Tipos de amor


Alguma vez você já se perguntou se há mais de um tipo de amor? No livro Romance à maneira de DeusEric e Leslie mencionam que  existem três tipos, abaixo há trechos desse livro que tratam desse assunto:













1)      Amor Ágape

“O amor ágape é um amor baseado no compromisso e não no sentimento; um amor que se sacrifica pelo benefício do próximo; o mesmo amor que Cristo teve por nós quando morreu na cruz em nosso lugar [...] Ele não está baseado em um sentimento, mas na decisão - um tipo de amor que decide ver sempre o melhor da outra pessoa, acima de todos os nossos desejos. É o tipo de amor que Jesus teve ao morrer na cruz por todos nós. É o tipo de amor que deveríamos ter por todo ser humano. É o tipo de amor forte e sólido. É uma ação da vontade.” (p. 95-96)

    2)      Amor Filéo
“O amor filéo é um sentimento profundo e de irmandade pelas pessoas que nos são queridas... nossos pais, ou amigos íntimos; é o tipo de amor que tem um interesse especial em ver o sucesso e o bem do outro. É um tipo de amor que se alegra com o laço de amizade entre duas pessoas. O amor filéo só pode ser alcançado depois que duas pessoas se conheçam muito bem.”(p. 96)


     2)      Amor Eros

“Amor eros. O amor eros é o amor romântico, emocional e sensual compartilhado entre um homem e uma mulher. É aquele tipo de amor que transforma até mesmo o cara mais durão e mais confiante em um bobalhão. O amor Eros é aquele sentimento de vibração que você tem quando dá a mão à pessoa que o atrai, ou o sentimento "viajante" de sonhar acordado quando pensa em alguém que não pode esperar para encontrar.” (p. 97)
  

   “O amor Eros não é a base de um relacionamento que objetiva durar a vida inteira, pois com esse objetivo, o tipo de amor é o ágape, que está baseado no compromisso e não no sentimento. Ele não aparece um dia e desaparece no outro; é uma decisão! uma ação da vontade. Os relacionamentos que forem construídos com o amor ágape subsistirão pelo resto da vida, porque é o mesmo amor que Deus tem por nós - forte, fiel e imutável. Quando Deus começa a unir o coração de alguém ao de uma outra pessoa, o amor filéo surge, sendo seguido pelo amor eros para intensificar e aprofundar o relacionamento. Mas somente o amor ágape é forte o suficiente para durar para sempre.”(p. 98)

“Você já percebeu que pode começar a demonstrar o amor ágape pelo seu futuro cônjuge neste momento? Não importa se você ainda não o conheça. Você pode começar a empilhar os blocos para a construção do seu relacionamento com ele ou ela neste momento! Você já possui uma vida amorosa! Como? Ao tomar decisões, a cada dia, para honrar o seu futuro cônjuge e fazer o que for melhor para ele ou ela. Pense sobre esse relacionamento e aprenda a investir nele hoje, para que, quando essa pessoa aparecer, você já tenha uma estrutura capaz de sustentar um casamento que possa durar toda a vida.”(p. 98)



Continua...

 Fonte:
 ERIC; LUDY, Leslie. Romance à maneira de Deus. [S.l]: Bless Gráfica e Editora, 1999.

sábado, 25 de maio de 2013

Receita de relacionamentos á maneira de Deus: renuncia, fé e espera!

“TUDO tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu.” (Eclesiastes 3:1)






Ultimamente, tenho lido alguns livros que falam sobre relacionamentos, como: Eu disse adeus ao namoro, Sua perfeita fidelidade e agora estou lendo o livro intitulado Romance á maneira de Deus, os três livros contribuíram para que eu visualizasse o “namoro” e a “pureza” de maneira diferente, ou seja, a pureza está além da abstinência sexual e um relacionamento da vontade do Senhor demanda espera e está na contra mão do que o mundo ensina.
            Apesar de recomendar os três livros, hoje, falarei especificamente do livro que estou lendo (Romance á maneira de Deus) destacando alguns trechos, como o abaixo:

 “Todos nós nos apegamos a várias coisas em nossa vida, determinados a não abrir mão delas. Como pequenos 'posseiros', abraçamos nossos brinquedinhos decididos a não permitir que o amoroso Pai os tire de nossas mãos para que Ele possa nos pre­sentear com coisas maiores e mais belas - e bem mais duradouras. Precisamos aprender a desejar esses momentos e a crer que Aquele que tira é também Aquele que renunciou a todas as coisas por nós. Não é para o Seu próprio benefício, mas para o nosso!” (ERIC; LUDY, 1999, p. 60)

            Alguma vez o Senhor já te pediu algo em que você estava apegado?

 “Será que estou disposto a renunciar alguma coisa a que estou apegado? Essa é a oração que muitos temem fazer. Temos medo de perder o controle da direção de nossas vidas. Mas se realmente conhecêssemos o Seu caráter, desejaríamos fazer essa oração.” (ERIC; LUDY, 1999, p. 60, grifo do autor)

            Quando o Senhor pede para que se renuncie algo, por mais difícil que pareça, obedeça e ele suprirá cada necessidade e cuidará perfeitamente de cada detalhe, no caso dos relacionamentos, é justamente quando fazemos isso que iniciamos o processo de conquista de bençãos nessa área:

“Renunciar a área de relacionamentos para entregá-la a Jesus é bem assustador. Mas temos de nos lembrar de que Ele é a pessoa mais interessada nessa área.” (ERIC; LUDY, 1999, p. 61)

“Devemos lidar de forma séria com Deus e permitir que Ele tome a direção de nossas vidas.” (ERIC; LUDY, 1999, p. 61)
           
No livro é ensinado que devemos fazer três perguntas:

1.      “Se Deus assim desejar, estou disposto a permanecer sol­teiro, tendo apenas Jesus como meu cônjuge?
2.      Se Deus assim desejar, estou disposto a me casar e permi­tir que Ele faça o papel de 'casamenteiro'?
3.      Se Deus assim desejar, estou disposto a me casar e permi­tir que Ele determine o tempo certo?” (ERIC; LUDY, 1999, p. 61-62)

As respostas positivas a essas perguntas nos levam em direção a pureza, ressaltando que:

“A pureza não pode ser medida pela tecnologia humana. Ela pode ser apenas medida por Deus. A escolha de buscar a pureza é uma decisão que você precisa fazer entre você e Deus. É impossível sem Ele, no entanto só pode ser natural com Ele.” (ERIC; LUDY, 1999, p. 80)

            Assim, o processo de busca de um relacionamento da vontade de Deus, exige renuncia, fé e ESPERA:

“Imaginamos que esperar em Deus pelo nosso futuro cônjuge seria como plantar uma semente: esperar a semente brotar, esperar com paciência a planta crescer, esperar uma flor surgir.”


            Mas como será esse processo de espera? No livro é destacado três maneiras:

1.   1-   “Espere com um OBJETIVO!”

“O melhor de Deus sempre supera os prazeres temporários do momento. Fique concentrado! Mantenha os olhos no objetivo!” (ERIC; LUDY, 1999, p. 89)


2.    2-  “Não fique apenas sentado aí... ORE!”

“Orar pelo quê? Pelo seu futuro cônjuge, é claro! Você se sente meio estranho ao orar por alguém que nem conhece? Por quê? Essa será a pessoa com quem estará vivendo pelo resto da sua vida. E, provavelmen­te, ele ou ela está por aí! Ore. ore. ore! Ore para que Deus proteja essa pessoa especial e que a ajude a esperar pelo melhor Dele (você) até que Ele os una. Ore para que Ele molde o seu futuro cônjuge exatamente como Ele deseja que ele ou ela seja.” (ERIC; LUDY, 1999, p. 89)

3.      3- Espere FIELMENTE

“Espere em absoluta fidelidade. Ofereça ao seu futuro cônjuge muito mais do que alguns anos "sem namorar". Ofereça o presente que contém todo o seu ser - corpo, mente e coração. É um presente que vale a pena esperar para oferecer!” (ERIC; LUDY, 1999, p. 92)

“Não há problema algum em ter amigos do sexo oposto durante esse período de espera. Mas vigie sempre a sua mente e o seu coração. Tenha Deus como o seu foco, e não deixe que qualquer outra coisa o distraia.” (ERIC; LUDY, 1999, p. 91)

“É muito mais seguro tratar TODOS os seus amigos como se não existisse possibilidade nenhuma de um desenvolvimento no relacionamento. Se Deus quiser mudar isso. permita que Ele o faça. Mas se você deixar em aberto algumas possibilidades, será fácil desenvolver um relacionamento que não foi planejado por Deus - relacionamentos que poderão distraí-lo de continuar buscando o Seu MELHOR para a sua vida.” (ERIC; LUDY, 1999, p. 91)

           
“Não se preocupe. Você não poderá errar se estiver concentrado em Deus e se tiver decidido a NÃO ser distraído por outras pessoas. Quando Deus quiser chamar a sua atenção, Ele encontrará uma maneira de fazê-lo. Se Ele tiver de fazer alguma coisa para que você veja a Sua vontade, pode ter certeza de que Ele o alcançará e lhe apontará a direção certa a seguir.” (ERIC; LUDY, 1999, p. 91)

            Vale a pena esperar pela vontade do Senhor, porém para alcançarmos a vontade do Senhor, muitas vezes temos que renunciar o que “já temos” e que não é da sua vontade, isso pode ser dolorido e até gerar alguuuuuumas muuuuuuuitas lágrimas, todavia o cuidado do Senhor é muito mais lindo que tudo isso, em meio ao mar de lágrima e dor, o Senhor  fala conosco e demonstra um cuidado especial e repleto de amor e assim, tornamos dependentes do cuidado restaurador de um Deus tão maravilhoso.
            Em romanos 12:2, aprendemos que a vontade do Senhor é boa, agradável e PERFEITA, vale a pena renunciarmos nossas vontades e você está disposto a renunciar o que Deus não quer para a sua vida?

“Eu renuncio a minha vontade
Laura Hart

Todos os dias sou desafiada com a escolha de fazer as coisas
A Tua maneira ou a minha;
Mas quando faço ao meu modo, sempre descubro
Que os Teus caminhos são melhores, que a Tua visão é mais forte,
E Tu simplesmente desejas o que é melhor para mim.

Então, eu renuncio a minha vontade
Renuncio a minha vontade, Senhor
Renuncio a minha vontade; entrego a Ti a minha vida.

Algumas vezes a minha vontade insiste em ter o controle
Luto para fazer as coisas a minha maneira, mas sempre acabo
percebendo
Que os Teus caminhos são melhores, a Tua visão para mim é
muito mais ampla,
E Tu simplesmente desejas o que é melhor para mim.

Então, eu renuncio a minha vontade
Renuncio a minha vontade, Senhor
Renuncio a minha vontade; entrego a Ti a minha vida.

Quando as coisas ficam mais difíceis, a minha alma se
enfraquece
Meu coração se desanima e não consigo prosseguir sozinha...

Então, eu renuncio a minha vontade
Renuncio a minha vontade, Senhor
Renuncio a minha vontade; entrego a Ti a minha vida.”
Fonte: livro Romance à maneira de Deus


            Renuncie, tenha fé e espere, pois “[...] só Deus sabe conjugar o amor, afinal é o próprio verbo amar” (Marcela Taís)




“Senhor, em meu coração, neste momento, eu construo um altar para Ti. Nele, coloco os meus sonhos, os meus desejos, as coisas a que tenho tanto me apegado. Estive com muito medo de deixar que Tu me controlasses. Mas agora entrego os direitos de minha vida a Ti. ¨Dou a minha vida por completo a Ti.
Tu podes realizar em minha vida o que achares melhor.
A partir de hoje, a minha vida está completamente nas Tuas mãos. Que seja feita a Tua vontade, não mais a minha. Renuncio tudo, Senhor Jesus. Perdoa-me por dirigir a minha vida com as minhas próprias forças.”


“Perdoa-me, Senhor. Permiti que as minhas emoções e o meu coração fossem contaminados e entregues a relacionamentos que Tu nunca havias planejado. Troquei o meu tesouro de pureza em favor do meu próprio prazer temporário e da minha segurança. Sei que isto dói em Teu coração. Perdoa-me, Senhor.
A partir de hoje, ajuda-me a andar em pureza. Ajuda-me a aprender a guardar os meus pensamentos, minhas emoções e meu corpo para que eu honre a Ti e ao meu futuro cônjuge. (extráido do livro)


 Fonte:
 ERIC; LUDY, Leslie. Romance à maneira de Deus. [S.l]: Bless Gráfica e Editora, 1999.